Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.

Com dívida milionária, família Zurita aposta em retorno de sua cachaça

Em 2013, o produto teve a comercialização interrompida

Por Ana Carolina Soares Atualizado em 5 fev 2020, 14h02 - Publicado em 15 jun 2018, 06h00

Nesta semana, a família Zurita volta a distribuir a Cachaça do Barão, criada há dez anos. A bebida estará à venda em empórios com preços entre 120, a garrafa mais simples, e 20 000 reais, o barril. O produto teve a comercialização interrompida em 2013, quando a AgroZ, presidida por Ivan Zurita, passou por uma crise.

Em janeiro, foi deferido o pedido de recuperação judicial do grupo agrícola, que tem dívida de 240 milhões de reais. “É mais uma fonte de renda para pagar o débito”, diz Ivan, que dirigiu a Nestlé por mais de uma década, até 2012. Ele pretende faturar 15 milhões de reais por ano com a marca, que deixou nas mãos da filha Daniela e do genro Leonardo Queiroz.

  • Publicidade