Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.

Em busca da nova Maisa: agente de talentos mirins revela golpes praticados nesse ramo

"As mães loucas vendem tudo na esperança de pôr os filhos em capa de revista", revela Liz Nery, que acaba de abrir a WOW Talents com sua sócia

Por Humberto Abdo Atualizado em 19 jul 2021, 14h28 - Publicado em 2 jul 2021, 06h00

Aos 8 anos, a filha da paulistana Liz Nery trouxe inspiração para seu novo negócio como agente de talentos infantis. “Mesmo tímida, ela começou a estudar teatro e foi selecionada para o espetáculo Os Miseráveis no papel de Cosette… Minha filha, que não abria a boca e sempre fazia o papel da árvore!”, brinca.

Do mundo corporativo, Liz migrou para o universo artístico com a sócia Carol Mantoanelli, com quem acaba de lançar a WOW Talents, uma plataforma digital de casting. “Pedi demissão e comecei a ser referência para outras mães, que me ligavam pedindo dicas.” Com a experiência, também passou a ter contato com todo tipo de golpe. “Com as mães loucas, que vendem tudo na esperança de pôr os filhos em capa de revista, surgem as agências que cobram de 500 a 2 500 reais para um book com cinco fotos… E a promessa de serem a futura Maisa Silva ou Larissa Manoela.”

 

+Assine a Vejinha a partir de 8,90.

Publicado em VEJA São Paulo de 7 de julho de 2021, edição nº 2745

  • Continua após a publicidade
    Publicidade