Clique e assine por apenas 5,90/mês
Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.

Edifício ABC, no centro, se moderniza com negócios de economia criativa

O primeiro inquilino é o grupo teatral Cia. Instável

Por Ana Carolina Soares - 6 abr 2018, 06h00

No centro, o Edifício ABC, de 1949, foi batizado em homenagem aos sócios: Oscar Americano (engenheiro), Oswaldo Bratke (arquiteto) e Guilherme Corazza (construtor). É um ponto comercial tradicional, mas, desde o ano passado, Izo Lewin, administrador das torres A e B, busca novos ares.

“Quero trazer a economia criativa”, diz. No B, a primeira inquilina com esse perfil é a Cia. Instável, grupo teatral de Mika Lins e Daniella Angelotti. Elas entraram na semana passada. O A será um centro cultural japonês, com restaurante e karaokê, que tem inauguração prevista para dezembro. Há ainda cinco andares vagos, com aluguel a partir de 4 000 reais.

Publicidade