Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.

Droneiro paulistano ganha até R$ 20 mil por sessão de fotos “nas alturas”

Após perder emprego como chef de cozinha, Ricardo Cyrillo passou a produzir imagens aéreas com drones e conta que ganhou ainda mais clientes na pandemia

Por Humberto Abdo Atualizado em 8 jan 2021, 01h13 - Publicado em 8 jan 2021, 06h00

Após perder o emprego como chef de cozinha, Ricardo Cyrillo, 40, descobriu por sugestão do cunhado sua atual ocupação como droneiro. “Durante uma viagem a Foz do Iguaçu, comprei meu primeiro drone, de brinquedo mesmo, e me apaixonei”, relembra. Depois de produzir fotos aéreas do Museu do Ipiranga, sua esposa o ajudou a criar uma página para divulgar as imagens. “Na manhã seguinte, acordei com amigos dizendo que a foto tinha sido compartilhada pela Vejinha e decidi que era isso que queria para minha vida.”

Hoje, ele tem mais de 90 000 seguidores no Instagram, fascinados pelas cenas do alto de São Paulo, além de registros em países como Chile e Uruguai e produções para artistas como Eduardo Kobra. No tempo livre, Cyrillo se diverte pilotando o equipamento no quintal de casa, na Chácara Santo Antônio, ou na residência em Ilhabela. “Ainda sonho em fotografar Cartagena, na Colômbia, e quero voltar ao Rio de Janeiro.” O paulistano costuma vender sessões fotográficas para faculdades, comércios e condomínios, cujos valores podem chegar a 20 000 reais por trabalho. “Pensei que teria que parar na pandemia, mas o ritmo continuou sendo bom”, conta. “Fiz muita coisa para empresas de vídeos de cemitérios e imobiliárias, por exemplo.

Imagem aérea noturna da Catedral da Sé.
Catedral da Sé registrada por drone de Ricardo Cyrillo à noite. Drone Cyrillo/Reprodução
Visão aérea do Parque Trianon.
Visão “do alto” do Parque Trianon. Drone Cyrillo/Reprodução
Minhocão à noite fotografado em drone por Ricardo Cyrillo.
Minhocão à noite fotografado em drone por Ricardo Cyrillo. Drone Cyrillo/Reprodução

Publicado em VEJA São Paulo de 13 de janeiro de 2021, edição nº 2720.

+Assine a Vejinha a partir de 5,90

Publicidade