Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.

“Comecei servindo cafezinho”, relembra advogada de imigração dos famosos

Há 21 anos nos Estados Unidos, Flávia Santos Lloyd é responsável pelos vistos americanos de artistas como Ivete Sangalo, Rafinha Bastos e Kevinho

Por Humberto Abdo Atualizado em 18 set 2020, 11h33 - Publicado em 18 set 2020, 06h00

“Não importa se você é Ivete ou Jesus Cristo, para entrar nos Estados Unidos precisa de visto”, rima Flávia Santos Lloyd, 41, advogada de imigração que atende famosos como Ivete Sangalo, Rafinha Bastos e Vivian de Oliveira, autora de novelas bíblicas que atualmente passa pelo processo para morar no país. Na Califórnia há 21 anos, Flávia conta que chegou lá “com o dinheiro contado”, trabalhou por um tempo sem documentação e foi apresentada ao universo da imigração em um escritório de advocacia. “Comecei servindo cafezinho.” Após fazer mestrado e doutorado, passou a dar aulas e em 2016 abriu o próprio negócio. “Hoje o Brasil é o meu ganha-pão, fico o dia todo falando português com meus clientes.”

Vivendo com o marido e os dois filhos, Flávia admite ter receio dos frequentes casos de racismo no país. “Sinto medo dos policiais pelos meus dois filhos, especialmente o mais velho, que dirige. Nunca tive problemas e não deixo isso controlar minha narrativa, mas o negro aqui é considerado culpado e só depois resolvem parar para ver o que aconteceu.”

A advogada Flávia Lloyd vive com os dois filhos e o marido na Califórnia. Divulgação/Divulgação

 

+Assine a Vejinha a partir de 6,90

Publicado em VEJA SÃO PAULO de 23 de setembro de 2020, edição nº 2705.

  •  

    Continua após a publicidade
    Publicidade