Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.

Clotilde Otranto, a paulistana maestrina da New York City Ballet

A programação da companhia New York City Ballet, residente no prestigioso Lincoln Center, terá dezesseis peças até dezembro, incluindo as clássicas O Quebra-Nozes e O Lago dos Cisnes. No trio de maestros à frente da orquestra, a única mulher é a paulistana Clotilde Otranto, de 65 anos, em sua quarta temporada na função. “Estou aproveitando o tempo livre para encontrar amigos dos tempos […]

Por Juliene Moretti Atualizado em 27 fev 2017, 10h24 - Publicado em 22 jun 2013, 00h41
Clotide, maestrina do New York City Ballet: apresentações em Tóquio e Amsterdã

Clotide, maestrina do New York City Ballet: apresentações em Tóquio e Amsterdã (foto: Silvana Garzaro)

A programação da companhia New York City Ballet, residente no prestigioso Lincoln Center, terá dezesseis peças até dezembro, incluindo as clássicas O Quebra-Nozes e O Lago dos Cisnes. No trio de maestros à frente da orquestra, a única mulher é a paulistana Clotilde Otranto, de 65 anos, em sua quarta temporada na função. “Estou aproveitando o tempo livre para encontrar amigos dos tempos de Mackenzie”, conta ela, de férias em São Paulo, onde toma fôlego também para compromissos na Europa e na Ásia. Clotilde se apresentará no Orchard Hall, em Tóquio, em outubro, ao lado da companhia, e foi convidada para reger em Amsterdã os músicos do The Dutch National Ballet, em abril de 2014. No figurino, fica bem distante do estilo de Marin Alsop, regente da Osesp. “Não uso terninho, mas vestidos e camisas de renda”, explica. “Sou feminina e me visto como tal.”

Publicidade