Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.

Vítima de erro médico organiza passeata sobre o tema na Paulista

Carina Palatnik fundou a Associação das Vítimas de Erro Médico

Por Ana Carolina Soares Atualizado em 5 fev 2020, 13h54 - Publicado em 3 ago 2018, 06h00

Uma passeata por leis mais duras para combater negligências de profissionais da saúde deve reunir cerca de 2 000 pessoas na tarde deste sábado (4), na Avenida Paulista. Uma das organizadoras, Carina Palatnik, gestora de saúde, fundou, no início do mês, a Associação das Vítimas de Erro Médico e quer oferecer suporte jurídico a 350 pessoas por ano. Em 2016, ela teve a vesícula retirada sem necessidade e quase morreu. Tornou-se alérgica a vários alimentos e gastou mais de 100 000 reais em tratamentos. “O médico segue impune. Precisamos rever esse sistema”, diz.

Publicidade