Bruno Rocha, o criador do Hugo Gloss: potência das redes sociais

“Gênio do humor”. É assim que o autor Walcyr Carrasco definiu Bruno Rocha, nome e sobrenome por trás do perfil Hugo Gloss. Ao fazer seus comentários engracadíssimos sobre a trama de Verdades Secretas em todas as redes sociais possíveis – Twitter, Facebook, Periscope e SnapChat – Rocha atraiu público para a novela e fez dela […]

Bruno Rocha, o criador do Hugo Gloss: potência nas redes sociais (Foto: Duh Marinho)

Rocha, o criador do Hugo Gloss: online 24 horas por dia (Foto: Duh Marinho)

“Gênio do humor”. É assim que o autor Walcyr Carrasco definiu Bruno Rocha, nome e sobrenome por trás do perfil Hugo Gloss. Ao fazer seus comentários engracadíssimos sobre a trama de Verdades Secretas em todas as redes sociais possíveis – Twitter, Facebook, Periscope e SnapChat – Rocha atraiu público para a novela e fez dela “o” assunto da internet ao longo dos três meses em que foi transmitida. Só no Instagram, Hugo Gloss é seguido por 3 milhões de seguidores. O que ele posta, repercute. Recentemente, ele perdeu (e já recuperou!) sua conta no Periscope ao mostrar um nude enviado por um seguidor.

Gostou do comentário do Walcyr Carasco?
Eu fiquei muito feliz com o que o Walcyr disse, meu Deus. Sempre gostei de fazer comentários das novelas, mas com Verdades eu misturei nomes de personagens antigos e criei nomes novos (Larissa, vivida por Grazi Massafera, virou Grazi Winehouse e, depois de convertida, Grazi Urach). Eu postava o resumo da novela todos os dias, sempre com o meu olhar. Todos os resumos tinham mais de 100 000 curtidas no Facebook, sendo que o do último capítulo teve mais de 200 000. O engraçado é que eu recebia mensagens às 7 da manhã de gente já pedindo os comentários, eu nem tinha acordado direito.

+ Em entrevista exclusiva, Walcyr Carrasco fala do sucesso de Verdades Secretas

Além de abastecer seu site e as redes sociais, você trabalha com o Luciano Huck…
Sou redator do Caldeirão do Huck, escrevo roteiro, faço gravações externas… trabalho todos os dias. Na verdade, eu trabalho 24 horas por dia, todos os dias. Pois além dos compromissos com o Caldeirão, eu tenho meu site e as redes sociais. Quando vou a um show, faço a cobertura para os meu seguidores. Eu não ganho dinheiro para ir a um Rock in Rio, por exemplo, mas preciso ir porque meu público quer saber o que está rolando por lá.

Bruno Rocha e Rihanna: acesso às celebridades (Foto: Reprodução/Instagram)

Bruno Rocha e Rihanna: acesso às celebridades (Foto: Reprodução/Instagram)

Como funcionário da Rede Globo, você pode comentar sobre programas de outras emissoras e criticar os programas da casa?
Nunca me foi falado nada, mas não acho ético comentar algo negativo do local onde trabalho. Não tem sentido… E quanto a comentar programas de outras emissoras, não há problema. O Hugo Gloss, meu perfil, não é funcionário da Globo. E meus seguidores pedem meus comentários sobre o que está acontecendo. O meu trabalho, na verdade, é antecipar tendências. Não posso ignorar o que está acontecendo. Eu adoro Masterchef, por exemplo.

Certa vez, você comentou no Periscope que não podia mais mostrar nudes. Por quê?
No Periscope, eu faço o No Escurinho com Gloss, em que as pessoas me mandam perguntas, pedem conselhos… Certa vez, um cara me mandou um nude e meu Periscope caiu, saiu do ar. Há uma política rigorosa com isso, então eles me tiraram a conta — que depois foi devolvida. Agora não mostro mais nudes (risos).

Qual é a sua rede social favorita?
O Twitter. As pessoas são mais honestas e a barra desce, o assunto que você não curtiu ficou lá pra cima. No Twitter, você recebe uma crítica, dá uma resposta e morreu. No Facebook, a pessoa critica, daí a outra comenta e aquilo vira algo grande. Há uma cobrança para as pessoas serem politicamente corretas. No SnapChat, querem ser engraçadas.

Quem você gosta de seguir no SnapChat?
David Brazil, Fernanda Souza, Yasmin Brunet, Camila Queiroz e Rafinha Bastos.

Como faz para transmitir ao vivo pelas redes sociais os shows quando está fora do Brasil?
Eu tenho chip americano para poder ter internet boa e não depender de wi-fi, assim posto as coisas em tempo real. As pessoas devem comprar um chip do lugar da viagem para poder ter internet boa #ficaadica.

 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s