Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.

Arquiteto compartilha projetos de luxo sem dar créditos aos criadores

No Instagram com mais de 160 000 seguidores, João Armentano publicou fotos do loft do cantor J Balvin e de outras mansões que não foram assinadas por ele

Por Humberto Abdo Atualizado em 2 out 2020, 14h34 - Publicado em 2 out 2020, 06h00

“Espetáculo!”, exclama um dos comentários no Instagram de João Armentano. Os grandiosos projetos publicados pelo arquiteto costumam render reações deslumbradas entre seus 160 000 seguidores e exibem casas repletas de luz natural, móveis de grife e até carro importado estacionado na sala de estar — mas, apesar dos elogios, nem todas as criações pertencem a ele. Desde março, mais de dez imagens de mansões construídas em diversas cidades ao redor do planeta foram compartilhadas sem os créditos dos verdadeiros autores. Com influências japonesas, o design do loft do cantor colombiano J Balvin é um dos exemplos, assinado pelo grupo 5 Sólidos, perto de Medellín, na Colômbia, e fotografado para a revista Architectural Digest. “Ele que tem um nome muito forte deveria colocar créditos sim, porque dá a entender que foi ele quem fez”, opina o arquiteto Felipe Rodrigues. “Ainda mais quando se trata de uma obra residencial, se você postar vão assimilar automaticamente que é seu.”

Questionado sobre o caso, Armentano não retornou as mensagens, ligações e e-mails enviados pela Vejinha a ele e à sua equipe. Após as primeiras tentativas de contato, a maioria das postagens foi removida do perfil (ufa!), embora o arquiteto tenha se esquecido de ocultar duas delas: uma do idílico Hotel Monteverdi, na Toscana, e a outra de Daniel Boddam, que renovou uma propriedade dos anos 1980 em Sydney.

Assinado por grupo 5 Sólidos, loft de cantor colombiano rendeu elogios a Armentano após ter compartilhado imagem sem os devidos créditos. Anita Calero/Architectural Digest/Reprodução
Lindfield House, casa dos anos 1980 renovada pelo australiano Daniel Boddam. Daniel Boddam/Pablo Veiga/Reprodução
Hotel Monteverdi, na Toscana, compartilhado pelo arquiteto. Projeto chegou a ser fotografado para reportagem do americano The New York Times. Bernard Touillon/Reprodução
Piscina de mansão em Hidra, na Grécia, renovada por Tino Zervudachi. Oliver Pilcher/Reprodução
Panorama House, localizada em Madri e assinada pelo arquiteto Ramón Esteve. Ramón Esteve/Reprodução
Modern Forest House, projetada por WEYES Estudio e construída em Santiago, no México. The Raws/Reprodução
Em Austin, Texas, projeto da Alterstudio Architecture respeitou o local das árvores no terreno ao criar residência para uma família com quatro pessoas. Patrick Wong/Alterstudio Architecture/Reprodução
Detalhes das janelas de projeto arquitetônico criado pelo estúdio Bedmar and Shi em Cingapura. Bedmar & Shi/Reprodução
Cabine projetada por Jim Olson em Washington, Estados Unidos. Kevin Scott/Reprodução
Na pequena cidade de Jackson, em Wyoming, projeto da Bohlin Cywinski Jackson criou um retiro elegante para um casal aposentado e seus filhos. Bohlin Cywinski Jackson/Nic Lehoux/Reprodução
Annie Residence, casa em Austin, Texas, pelo Bercy Chen Studio. Ryan Michael/Reprodução
Situado no sul da Nova Zelândia, abrigo foi projetado como um retiro romântico de hóspedes. A casa de campo à beira-mar é um projeto de Patterson Associates. Patterson Associates/Simon Devitt/Reprodução

 

+Assine a Vejinha a partir de 6,90

Publicado em VEJA SÃO PAULO de 7 de outubro de 2020, edição nº 2707.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade