Clique e assine por apenas 6,90/mês
Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.

Ex-musa da telefonia, Ana Paula Arósio tem briga na Justiça contra a Vivo

A atriz, que disseminou o bordão "faz um 21", agora briga com gigante da telefonia

Por Ana Carolina Soares - Atualizado em 13 dez 2019, 12h59 - Publicado em 13 dez 2019, 06h00

Lembra do bordão “Faz um 21”? Quem diria: Ana Paula Arósio, 44, que estrelou a campanha milionária para a Embratel no fim dos anos 90, está penando com uma empresa de telefonia. Ela batalha na Justiça contra a Vivo, aliás, concorrente da Claro, que se fundiu com sua antiga contratante. De acordo com o processo, em julho, a atriz recebeu uma conta de 420 reais de uma linha de São Carlos, débitos de 2017.

Ana afirma que nunca teve imóvel ou negócio naquela cidade, muito menos telefone. Em 2015, ela se mudou com o marido, o cavaleiro Henrique Plombon, para um vilarejo no interior da Inglaterra, a fim de levar uma vida anônima. Até tem um número da Vivo, mas vinculado a um sobradinho na região de Interlagos. O lugar serve como escritório para a empresária da artista. Ana pede 10 000 reais por danos morais.

“Ao ser insistentemente cobrada por faturas de contas não realizadas, por ser famosa e ficar completamente exposta ao ver seu bom nome inserido no rol dos maus pagadores”, justifica a advogada da estrela no processo. Nos autos, a Vivo afirma que a linha pertencia a Ana e a conta era devida. Procuradas pela reportagem, nem a atriz nem a empresa quiseram se pronunciar.

Publicidade