Ana Hickmann: briga milionária na Justiça

“Fazer minha esposa chorar custa caro, me deixa muito contrariado.” É assim que Alexandre Côrrea, marido da apresentadora Ana Hickmann, explica as razões por ter entrado em uma batalha judicial que se desenrola há três anos e que promete novos capítulos. De um lado, ele e a mulher movem ação por superfaturamento, má gestão e […]

Ana, na mansão de Itu: ação por superfaturamento, má gestão e danos morais (Foto: Marcos Pinto/Contigo!)

“Fazer minha esposa chorar custa caro, me deixa muito contrariado.” É assim que Alexandre Côrrea, marido da apresentadora Ana Hickmann, explica as razões por ter entrado em uma batalha judicial que se desenrola há três anos e que promete novos capítulos. De um lado, ele e a mulher movem ação por superfaturamento, má gestão e danos morais contra Marco e Cida Portes, arquiteto e decoradora responsáveis pela mansão que construíram em Itu. Foi lá, aliás, onde foram gravadas as cenas do reality show A Casa da Ana Hickmann, transmitido no ano passado pela Rede Record. De outro lado, Ana e Corrêa são processados pelo casal Portes por quebra de direitos autorais. “Meus clientes projetaram a boate da residência, mas a Ana Hickmann falou na imprensa que foi outro profissional quem o fez”, diz o advogado Marco Aurélio Ramos Parrilha. Alexandre Côrrea dá mais detalhes da disputa:

O que houve?
Nossa casa de Itu deveria custar 3 milhões de reais, mas ficou em 9  milhões. Tivemos problemas com fornecedores, cobrança de comissões erradas e outras coisas. Trata-se de um processo de milhões de reais, portanto. Para se ter uma ideia, o serviço prestado foi péssimo. Tenho problemas com as pastilhas da piscina e de vazamento em uma laje. Descobrimos essas malfeitorias apenas quando faltava a boate para a casa toda ficar pronta. No dia que a coisa eclodiu, tiramos eles da nossa obra.

Quem tomou essa decisão?
Não se brinca com dinheiro dos outros. A Ana não é idiota, viu o que estava acontecendo e pediu para os botarem para fora de casa. Entramos com processo há três anos e, no ano passado, eles entraram com outra ação alegando que são os autores do projeto da boate. Mentira. Mudamos tudo, porque o projeto deles era bem cafona.

Deve reaver seu dinheiro?
Já fizemos perícias na casa, tanto judicial quanto a contratada por cada uma das partes. Quero meu dinheiro de volta. Por onde eu passo, deterioro com muito gosto a imagem da Cida e do Marco Portes. Fazer minha esposa chorar custa caro, me deixa muito contrariado.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s