Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Humberto Abdo (Maria Carolina Matheus da Silva) Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.

Alvarinho Garnero II convida Paris Hilton para passar o réveillon no Brasil

Um brasileiro de 18 anos que ainda não começou a faculdade conquistou uma das principais sex symbols do mundo. Parece mentira? Mas é exatamente isso que aconteceu com Álvaro Luiz Monteiro de Carvalho Garnero II (assim mesmo, com número romano). Filho do empresário e apresentador Álvaro Garnero, “Alvarinho”, como é chamado, foi fotografado ao lado […]

Por João Batista Jr. Atualizado em 26 fev 2017, 21h13 - Publicado em 12 ago 2014, 12h15
Paris, 33 anos, e Alvarinho, 18: Mônaco, Ibiza e, quem sabe, Trancoso (Foto: Reprodução/Instagram)

Paris, 33 anos, e Alvarinho, 18: Mônaco, Ibiza e, quem sabe, Trancoso (Foto: Reprodução/Instagram)

Um brasileiro de 18 anos que ainda não começou a faculdade conquistou uma das principais sex symbols do mundo. Parece mentira? Mas é exatamente isso que aconteceu com Álvaro Luiz Monteiro de Carvalho Garnero II (assim mesmo, com número romano). Filho do empresário e apresentador Álvaro Garnero, “Alvarinho”, como é chamado, foi fotografado ao lado de Paris Hilton, 33 anos, em Ibiza. Pela primeira vez, o rapaz fala sobre sua fama repentina após ser flagrado com uma das mulheres mais desejadas do mundo. E avisa de cara: “Ela pode passar o réveillon comigo em Trancoso.”

Com 1,95 metro e morador da Suíça, onde estudou o ensino médio e hoje faz cursos livre até decidir a faculdade que quer fazer, Alvarinho mostrou ter o mesmo DNA de galã da família. Seu tio Mario Bernardo já namorou a princesa Caroline de Mônaco e a atriz Carolina Ferraz – hoje é casado com a modelo Schynaider Moura. Seu pai, atualmente com a empresária Cristiana Arcangeli, formava dupla com Caroline Bittencourt quando ela foi expulsa do casamento de Daniella Cicarelli e Ronaldo Fenômeno, em 2005. “Meu pai e tio sempre namoraram mulheres lindas. Quero continuar isso.”

Onde conheceu a Paris Hilton?
Foi no Café de La Musique de Mônaco, em maio. Eu e ela estávamos na cidade para ver o Grande Prêmio de Fórmula 1 e fomos apresentados por intermédio de amigos libaneses em comum. Vimos que temos várias ligações, ela já tocou no Brasil no Café de La Musique, balada que tem meu pai como sócio. A Paris foi simpática e trocamos telefones. Desde então, começamos a nos falar. Há duas semanas, nos reencontramos em Ibiza.

Foi publicada uma foto dela muito próxima ao seu pescoço…
Algum paparazzi fez a foto, mas não tenho do que ter vergonha porque não fiz nada de errado. Depois que saiu essa imagem, recebi mais de 70 mensagens por WhatsApp de amigos falando dela.

Você tem 18 anos e a Paris, 33. Gosta de mulheres mais velhas?
Gosto. Já namorei meninas de 20 anos e gosto de mulheres que tenham maturidade. Além disso, muita gente pensa que tenho 20, 22 anos. Quando saio, prefiro não falar a minha idade porque ela não diz muita coisa.

Tem falado com a Paris Hilton?
Sim. Fiz um convite para ele passar o réveillon em Trancoso, mas ainda não é certeza que ela vá. Paris tem alguns compromissos profissionais como DJ, mas quero que ela consiga.

Seu tio e seu pai são conhecidos por terem namorado mulheres deslumbrantes. Existe uma pressão para seguir o mesmo legado?
Eles sempre namoraram mulheres lindas, e ainda hoje estão com mulheres bonitas e interessantes. Quero continuar com isso, sim. Até agora, estou me saindo bem.

O que está fazendo da vida neste momento?
Terminei o ensino médio na Suíça, onde ainda moro. Estou decidindo qual curso fazer na universidade. Estou na dúvida entre administração de empresas e marketing. Quero fazer faculdade em Londres e depois trabalhar na Brasilinvest, empresa do meu avô, que tem um escritório em Mônaco. Tenho contatos na Europa e penso que posso aprender muito na empresa.

Continua após a publicidade

Publicidade