Clique e assine por apenas 6,90/mês
Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade.

“Feliciano de SP” trava projeto pró-gays na Câmara

O Palácio Anchieta, sede da Câmara Municipal, está fervendo com uma discussão em torno de uma nova proposta de lei anti-homofobia. Segundo ela, seriam adotadas medidas como o treinamento de funcionários para combater o preconceito em escolas municipais. A história mobilizou a bancada evangélica, que reúne oito vereadores. Um deles, David Soares (PSD), filho do […]

Por Silas Colombo - Atualizado em 27 Feb 2017, 00h14 - Publicado em 14 Sep 2013, 00h44
david soares quer retirar proposta anti-homofobia da câmara

Soares, do PSD: projeto anti-homofobia travado (foto: Divulgação)

O Palácio Anchieta, sede da Câmara Municipal, está fervendo com uma discussão em torno de uma nova proposta de lei anti-homofobia. Segundo ela, seriam adotadas medidas como o treinamento de funcionários para combater o preconceito em escolas
municipais. A história mobilizou a bancada evangélica, que reúne oito vereadores. Um deles, David Soares (PSD), filho do líder da Igreja Internacional da Graça de Deus, R.R. Soares, travou a tramitação do projeto ao retirá-lo da pauta da Comissão de Administração Pública em 21 de agosto. O pretexto era analisá-lo melhor. Pelas regras da Casa, isso teria de ser feito em no máximo 48 horas. Até a última quinta (12), no entanto, a tal revisão não havia sido concluída. “O David me disse: uma coisa é respeitar a comunidade gay, outra é promover os costumes”, relata o autor da proposta, Floriano Pesaro (PSDB). Nos bastidores da Câmara, Soares já está sendo chamado de “o novo Marco Feliciano”. Procurado por VEJA SÃO PAULO, ele não quis comentar o assunto.

Publicidade