Clique e assine por apenas 5,90/mês
Infomania Por Thiago Ramaciotti Thiago Ramaciotti dá dicas sobre tecnologia, gadgets e apps

Novo aplicativo ajuda no recrutamento de emprego temporário

A plataforma une empresários e profissionais

Por Thiago Ramacciotti - 29 jan 2019, 18h50

Fala, galera, tudo bem? Hoje vou contar para vocês sobre um aplicativo muito bacana, que pode ser útil para muita gente. Vamos lá?

O Closeer é um app nacional que pretende unir a demanda de estabelecimentos por profissionais temporários a trabalhadores que atuam ou querem ingressar no mercado de food service. O cenário atual brasileiro conta com 1,2 milhão de negócios que empregam 6 milhões de pessoas, no qual 450 000 são trabalhadores temporários.

O programa oferece aos donos uma plataforma de profissionais para contratação imediata, além de dar, para as duas partes, históricos e avaliações, o que gera certa segurança.

Com poucos cliques, o estabelecimento recruta um trabalhador de determinado perfil. O algoritmo encontra quem possui a qualificação demandada e, de acordo com sua localização, disponibilidade e avaliação, o recomenda. Se aceitar a oferta, ambos são colocados em contato, via chat. Acertado o acordo, o app permite que o empregador acompanhe o deslocamento do profissional até o estabelecimento via geolocalização.

Um outro ponto que eu achei interessante desse app é que ele é conectado ao Uber. Caso o empregador tenha certa urgência, pode acionar o transporte para o trabalhador e ainda acompanhar em tempo real. Todos os cadastrados têm sua documentação verificada via face-match, inclusive as de antecedentes criminais. O cadastro na plataforma é gratuito e está disponível para Android e iOS.

O algoritimo também seleciona o candidato para a vaga de acordo com a sua experiência. Caso não tenha experiência nenhuma, mas tenha aptidão para determinada atividade, pode se candidatar quando houver demanda desse perfil de vaga.

Até o final desse ano, a expectativa é que haja 500 estabelecimentos e 1 500 profissionais cadastrados, desde garçons, chefes e cozinheiros a motoboys, manobristas e seguranças.

Gostaram? Valeu, pessoal!

@tramaciotti

Continua após a publicidade
Publicidade