Sex shop na Zona Sul oferece “test drive” de brinquedinhos

Em salinha especial de loja na Vila Mariana, há aulas de masturbação feminina e prova de produtos eróticos

Nos anos 80, eram bem comuns sex shops com cabines de masturbação para homens. Inspirada nessa ideia, a empresária e terapeuta sexual Thais Plaza, dona do Doce Sensualidade, na Vila Mariana, criou um ambiente especial, mas só para mulheres. “Parece incrível, mas muitas não conhecem o próprio corpo”, acredita.

Thais chama o processo de “sex drive” e oferece teste de alguns produtos: quatro modelos de estimuladores clitorianos e nove tipos de cosméticos eróticos. “Diversas mulheres acreditam que precisam de horas de preliminares para alcançar o orgasmo. Com esses produtos, vão ver que, em questões de minutos ou até segundos, é possível ‘chegar lá'”, explica. Ela acrescenta que não disponibiliza os estimuladores vaginais, como os famosos “rabbits”, porque o orgasmo na penetração normalmente dura mais tempo e não costuma ser tão “certeiro” como o clitoriano.

Antes do teste, a mulher passa por uma espécie de “aula de masturbação”. Thais explica a anatomia feminina (“muitas mulheres sequer sabem exatamente onde fica o seu clitóris, um órgão que só existe para o prazer”), movimentos para estimular o local, além de apresentar os géis que esquentam e esfriam e até os “vibradores líquidos”, que provocam uma sensação de tremor.

A sala especial

A sala especial (Divulgação/Veja SP)

Depois, o aparelho é higienizado com álcool na frente da cliente e ela recebe um preservativo para colocar no brinquedo. Entre os estimuladores, há um modelo só clitoriano, uma espécie de “combo” para estimular o clitóris e a vagina, um modelo para viagem e outro para casal. Cada um custa 500 reais.

A salinha de masturbação é todo perfumada e decorada. Lá, tem também uma caixa de som e a cliente escolhe a trilha sonora. “A maioria pede blues ou canções românticas, mas já colocaram também funk e sertanejo”, conta.

O “sex drive” dos aparelhos começou há dois anos. “As vendas dos produtos apresentados aumentou em 30%, um sucesso”, comemora a empresária.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s