Clique e assine por apenas 6,90/mês
O Sexo e A Cidade Por Blog Histórias, novidades e estratégias dos empresários do mercado erótico em São Paulo

Conheça o “resort da paquera”

Lugar oferece pratos e ambientes afrodisíacos, além de aceitar casais e solteiros (não é restrito a swingers); saiba mais

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 9 Feb 2019, 14h33 - Publicado em 9 Feb 2019, 14h29

Em Cancun, abriram uma espécie de resort “sensual light”. É o Temptation, onde só entram maiores de 21 anos, dispostos a se acabar numa balada ou simplesmente descansar. Como não se trata de uma casa de suingue, casais ou solteiros podem fazer check in.

No pacote, está incluso uma série de festas, em ambientes que estimulam o clima de paquera. O lema de lá é “nobody cares”, ou seja, ninguém se importa. Dá para fazer o que quiser que ninguém vai fotografar, abordar ou incomodar. Mas também não dá para exagerar: nada de nudez ou sexo explícito em áreas comuns. No máximo, rola um topless em uma das piscinas e na praia.

As festas apresentam temas curiosos, como  Lingerie Lounges, Superheroes, School girls e Nerds. Há também restaurantes sofisticados e com nomes sugestivos: Rain, Amores, Sea Flirt, Romanza, Sutra, Flame e o She, com pratos afrodisíacos.

Adrián Pelegrina é o chef do restaurante e afirma que o cuidado para escolher os elementos dos pratos estava em selecionar ingredientes afrodisíacos que criassem sensações nos hóspedes a partir do paladar. “Os frutos vermelhos, por exemplo, suavizam a pele e afiam as sensações, como as ameixas que têm alguns componentes que faz as pessoas sentirem efeitos erógenos. O mel possui minerais que promove o estrógeno, hormônio natural da mulher”, explica o chef.

Continua após a publicidade

O pessoal que curte malhar pode encarar aulas de pole dance (fora do pacote). Mas há aulas também de esportes aquáticos de jogos de mesa e até de videogame.

As diárias oscilam entre 146 e 174 dólares. Mais informações, clique AQUI

Publicidade