Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
O Sexo e A Cidade Por Blog Histórias, novidades e estratégias dos empresários do mercado erótico em São Paulo

O polêmico coach que ensina mulheres a conquistar o “homem dos sonhos”

Em canal no YouTube, Diego de Matos dá dicas como postar fotos de falsos admiradores secretos no Instagram e se mover em "câmera lenta"

Por Ana Carolina Soares 1 abr 2019, 15h42

Por causa da timidez extrema, daquelas que fazem o suor “chover” da testa e as palavras sumirem do vocabulário, Diego Medeiros de Mattos passou boa parte da adolescência “na seca”, com medo de se aproximar de mulheres. Quem diria que hoje, aos 32 anos, ele é um bem sucedido coach de relacionamento, mantém um canal no YouTube (Diego Muda Vidas), com mais de 36 milhões de visualizações acumuladas desde 2016, e ganha em média de 5 000 a 15 000 reais por mês, o suficiente para manter seu apartamento no centro paulistano e ajudar sua família, em Florianópolis.

Curiosamente, o público alvo desse “Hitch brasileiro” é justamente formado por mulheres. Ele vive de dar conselhos para conquistar o famigerado “homem dos sonhos”. Seu trabalho causa polêmica entre parte do público. Nas redes sociais, muitas questionam como um homem pode ensiná-las a se tornar uma femme fatale. Além disso, suas dicas (como ser doce, jamais perder a cabeça em uma briga, gostar dos hobbies dele, se mover em gestos lentos e suaves…) soam machistas. A seguir, Mattos conta sua trajetória e dá dicas:

Por que escolheu a profissão de coach de mulheres?

Eu era um adolescente extremamente tímido e não conseguia chegar nas moças. Para melhorar, fiz um curso de coach com um especialista em relacionamentos. Percebi que a maioria do conteúdo dele era um “copia e cola” de best-sellers estrangeiros que eu já havia lido e quase decorado. Decidi pesquisar mais e colocar a teoria na prática. Ia a baladas sozinho e praticava. Por exemplo, um homem precisa ter postura ao falar com uma mulher, coluna ereta, peito para frente, olhar nos olhos, mostrar firmeza na voz e ser divertido. Nada de ficar bêbado na boate, porque vocês gostam que se lembrem do que foi dito. Muito menos ficar pegando no braço ou no cabelo. Então, há quase dez anos, eu me tornei coach e ensinava os homens. Mas minhas amigas me perguntavam se eu poderia ajudá-las. Fiz meu canal em 2012 e percebi que a audiência feminina era o dobro da masculina. Decidi então investir em vocês.

Onde aprendeu a atividade de coach de mulheres? Fez alguma faculdade de psicologia?

Há oito anos, eu fiz um curso na Sociedade Latino-Americana de Coaching (Slac) e aprendi na prática, observando os meus clientes. Na faculdade de psicologia não há uma matéria sobre como se relacionar. Então, para mim, não faz sentido. Por exemplo, já fui contratado por psicólogas para ensiná-las a seduzir. Hoje, eu não me vejo fazendo uma faculdade ou especialização, não sinto essa necessidade. Sou da prática.

Quais são principais mandamentos para uma mulher conquistar um homem?

Homem é territorialista e gosta de ser a prioridade. Por isso, a primeira dica é a técnica das flores. Ou seja, ela posta uma foto de um buquê no Instagram, como se fosse de um admirador secreto. O cara vai ficar intrigado e deverá procurá-la. Algo parecido é a taça de vinho. Basta publicar duas taças no Instagram e ele também vai ficar curioso, vai querer reaparecer, checar se é uma amiga ou um cara mais interessante do que ele. A mulher também não pode ficar disponível toda hora. Não se deve sempre aceitar um convite de cara, é bom recusar, dizer que vai sair com as amigas. Também o que faz um homem pensar em namorar uma mulher é a compatibilidade, ou seja, ter hobbies em comum. Os homens gostam de contar aos amigos: “Nossa, cara, você não acredita, mas aquela garota gosta de fazer trilha comigo, de ir ao futebol…”.

Continua após a publicidade

Mas em todas essas dicas, a mulher parece precisar se moldar ao gosto do homem. Isso não seria, além de machista, fake news, ou seja, adotar uma personalidade falsa só para conquistar uma pessoa que de repente não tem nada a ver? Além disso, a conquista é uma via dupla, não?

Sim, mas alguém precisa dar o primeiro passo e se é ela quem está interessada, por que não dar esse start? Esse primeiro esforço pode ser da mulher, sim. E outra, também ensino nos meus vídeos que se o cara não está nem aí, se ele só quer saber de sexo e não pensa em fazer outras atividades como ir ao cinema, passear no parque, é bom partir para outra. Autoestima é fundamental, sempre.

E você? Como vai a sua vida amorosa?

Estou solteiro há dois anos, mas mantenho há alguns meses uma namorada na Espanha. Estou bem satisfeito assim.

A seguir, conheça a técnica da câmera lenta, que, segundo Mattos, faz uma mulher se tornar irresistível:

Continua após a publicidade

Publicidade