Estou tentando engravidar, mas não consigo. O que pode estar acontecendo?

O Dr. Carlos Petta, coordenador médico do Laboratório de Reprodução Humana do Hospital Sírio Libanês, responde: “São vários os motivos que levam a infertilidade. Em 40% das vezes a causa é encontrada apenas nas mulheres: endometriose, problemas hormonais e de ovulação, alterações nas trompas (tubas uterinas) e idade são alguns exemplos. No restante dos casos, […]

gravidez-1
O Dr. Carlos Petta, coordenador médico do Laboratório de Reprodução Humana do Hospital Sírio Libanês, responde:

“São vários os motivos que levam a infertilidade. Em 40% das vezes a causa é encontrada apenas nas mulheres: endometriose, problemas hormonais e de ovulação, alterações nas trompas (tubas uterinas) e idade são alguns exemplos. No restante dos casos, o problema está nos espermatozóides ou, até mesmo, é encontrado tanto no homem quanto na mulher. Cada um destes fatores são analisados por exames específicos para determinarmos a causa e os melhores tratamentos, que podem ir de coisas simples, como uso de comprimidos, até cirurgias ou fertilizações in vitro.”

  1. O que é o exame chamado histerossalpingografia?

É um exame radiográfico que utiliza contraste para avaliar anatomicamente as trompas de falópio e o útero.

  1. O que é ovário policístico?

A síndrome do ovário policístico é um distúrbio que interfere no processo normal de ovulação em virtude de desequilíbrio hormonal e que pode levar a uma dificuldade para engravidar.

  1. Tenho trompas obstruídas e gostaria de saber se corro algum risco de engravidar novamente e ou se elas podem se regenerar?

Existem exames radiográficos, histerossapingografia, que são utilizados para avaliação da anatomia tubária, indicando se existe ou não obstrução.

  1. Tive doença de Hodgkin em duas vezes. Fiz quimioterapia e radioterapia. Hoje tenho menopausa precoce. Seria possível reverter minha situação e conseguir engravidar?

Existem exames hormonais e de imagem que nos auxiliam no diagnóstico da falência ovariana precoce. O ideal é marcar uma consulta com um médico especialista em medicina reprodutiva para iniciar investigação.

  1. Tenho endometriose e gostaria de saber por quanto tempo posso tentar engravidar por vias naturais?

Existem fatores como idade, reserva ovariana, grau de acometimento da endometriose que são fundamentais para decidir sobre qual tipo de tratamento. Endometriose é uma das principais causas de dificuldade para engravidar. O ideal é se consultar com médico especialista em medicina reprodutiva para avaliação.

  1. É mais fácil ter gravidez gemelar depois dos 37 anos?

Algumas causas possíveis da gemelaridade são a elevação da idade materna e o aumento da utilização das técnicas de reprodução assistida.

  1. Tenho ovário policístico, faço exames há cinco anos e eles nunca se quer reduziram. Posso ter problemas para engravidar?

A síndrome do ovário policístico é um distúrbio que interfere no processo normal de ovulação em virtude de desequilíbrio hormonal que pode levar a uma dificuldade para engravidar.

  1. Se retirar as trompas por um problema de endometriose tem como engravidar? Seja in vitro ou convencional?

A salpingectomia, cirurgia para retirada das trompas,  impossibilita a mulher gestar de maneira convencional, sendo indicado nesses casos técnicas de reprodução assistida.

  1. Qual a chance de gravidez colocando só um embrião na fertilização In vitro?

A chance de gravidez por embrião transferido depende de várias variáveis como idade da paciente, quadro clínico, qualidade embrionária, sendo uma avaliação complexa.

  1. Qual é o dia mais fecundo da mulher?

É necessário saber o padrão menstrual da mulher, a duração do seu ciclo. Sabe-se que o período fértil é aquele que se situa em torno do momento da ovulação. Em linhas gerais, a ovulação ocorre de 12 a 16 dias antes da menstruação em um ciclo menstrual que em média tem duração entre 25 a 35 dias.

  1. No caso de ter cisto dermoide é possível engravidar? 

Sim. É possível engravidar.

+ O câncer infantil pode ser hereditário?

+ Alimentos que você guarda errado e não sabia

+ A mulher está mais sujeita a doenças do coração do que o homem?

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s