Clique e assine por apenas 6,90/mês
São Paulo nas Alturas Por Raul Juste Lores Redator-chefe de Veja São Paulo, é autor do livro "São Paulo nas Alturas", sobre a Pauliceia dos anos 50. Ex-correspondente em Pequim, Nova York, Washington e Buenos Aires, escreve sobre urbanismo e arquitetura

Edifício Jade é novidade nos Jardins e mata o entorno de inveja estética

Projetado pelo escritório FGMF, o lançamento traz madeira na fachada

Por Raul Juste Lores - Atualizado em 7 Dec 2018, 09h18 - Publicado em 7 Dec 2018, 06h00

Apesar do metro quadrado valorizado, boa parte dos Jardins ainda decepciona com arquitetura barata. Do pastiche neoclássico ao sui generis neomediterrâneo, o Jardim Paulista não tem o acervo modernista de Higienópolis nem as novidades da Vila Madalena. É um ótimo sinal o aparecimento do Jade, na Rua Guarará (da construtora Constrac), que mata o entorno de inveja estética.

Projetado pelo escritório FGMF, tem o raro uso de madeira na fachada e o cuidado do posicionamento das áreas sociais e do terraço no sudeste, com vista desimpedida. Como nos bons tempos do mercado imobiliário, apresenta painel e paisagismo assinados, por Fabio Flaks e Alex Hanazaki, respectivamente.

Moderno, apresenta painel e paisagismo assinados, por Fabio Flaks e Alex Hanazaki Raul Juste Lores/Veja SP
Edifício Jade: novidade arquitetônica no Jardins Raul Juste Lores/Veja SP
Publicidade