Clique e assine com até 89% de desconto
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

William e Kate Middleton baniram um único “brinquedo”

"Eles são considerados 'brinquedos' para mamãe e para o papai, e não para crianças", uma fonte revelou sobre os hábitos pra lá de normais da família real

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 22 ago 2017, 19h27 - Publicado em 22 ago 2017, 19h08

Deve ser muito difícil não mimar os filhos quando você é o futuro rei da Inglaterra. Mas o casal príncipe William Kate Middleton tem regras bastante rígidas quando o assunto é a criação dos filhos George e Charlotte. Há, por exemplo, uma única regra para a sala dos brinquedos: as crianças podem se entreter com os objetos que quiserem, menos com aparelhos eletrônicos.

Os iPads e computadores, que ajudam tanto os pais do século XXI, foram completamente banidos do dia a dia de George e Charlotte, segundo a US Weekly. “Eles são considerados ‘brinquedos’ para mamãe e para o papai, e não para crianças“, uma fonte contou à publicação. “Como duas pessoas que cresceram sem aparelhos eletrônicos, William e Kate acreditam em brincadeiras ao ar livre e atividades que encorajam a imaginação. Eles são uma família bastante convencional“, contou.

E, se você está preocupado, as crianças parecem não se importar com a regra rígida: o príncipe George é fascinado por carros e caminhões de brinquedo, ou “qualquer brinquedo sob rodas”, enquanto as princesas são as favoritas de Charlotte — que, ironicamente, é uma princesa na vida real. “Eu não acredito que ela entenda que é uma princesa“, revelou uma fonte.

George, no entanto, já começou a perceber que o mundo em que ele vive é um pouco diferente dos pais de seus amigos de colégio. William e Kate trabalham duro para que as crianças tenham uma vida normal: “Eles acham que é importante que eles conheçam seu passado, mas também é vital que George e Charlotte tenham o máximo de normalidade possível em suas vidas“. As informações são do site HelloGiggles.

  • Dê sua opinião: E você, o que achou da restrição? Deixe seu comentário e aproveite para curtir a nossa fanpage no Facebook!

    Continua após a publicidade
    Publicidade