Clique e assine por apenas 6,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Novidades da cultura pop e da internet

Snapchat e adolescente de 18 anos estão sendo processados após acidente de carro

Sabe aquele filtro do Snapchat que mostra a velocidade que o usuário está andando/dirigindo/voando? Pois bem: ele se tornou o centro de uma enorme polêmica e de um processo nos Estados Unidos após uma jovem de 18 anos sofrer um grave acidente de carro usando o aplicativo. + Jô Soares se emociona ao falar de José de Abreu e […]

Por Tatiane Rosset - Atualizado em 26 Feb 2017, 12h13 - Publicado em 28 Apr 2016, 13h09

ABRE05

Sabe aquele filtro do Snapchat que mostra a velocidade que o usuário está andando/dirigindo/voando? Pois bem: ele se tornou o centro de uma enorme polêmica e de um processo nos Estados Unidos após uma jovem de 18 anos sofrer um grave acidente de carro usando o aplicativo.

+ Jô Soares se emociona ao falar de José de Abreu e Chico Buarque; assista
+ Um dos homens mais fortes do mundo, ator de Game of Thrones revela dieta

De acordo com reportagens locais e relatórios, Christal McGee, de 18 anos, bateu seu carro com o de outro motorista enquanto brincava com o “filtro de velocidade” da rede social. A colisão provocou dano cerebral num dos passageiros do veículo que foi atingido pela adolescente.

Um processo foi aberto no estado da Georgia, nos Estados Unidos, por Wentworth Karen Maynard responsabilizando não só a motorista, mas também o Snapchat pelo acidente. De acordo com os advogados que representam o casal, os administradores do aplicativo são igualmente responsáveis pois deveriam saber que o filtro possui implicações perigosas.

Continua após a publicidade

Snapchat (2)

De acordo com o processo, por volta das 23h15 da noite do dia 10 de setembro de 2015, Christal McGee estava dirigindo com outros três amigos no carro quando resolveu abrir o Snapchat, mandando fotos para seus seguidores conforme sua velocidade aumentava no filtro: “McGee queria publicar uma imagem sua andando em alta velocidade. Ela argumentou que estava ‘tentando atingir 100 milhas por hora (cerca de 160 km/h) para publicar no Snapchat“, afirmou um dos advogados.

A adolescente se distraiu com o aplicativo e atingiu o carro de Wentworth e sua esposa a 172 km/h, de acordo com o processo. Um passageiro no carro da jovem, no entanto, admite que viu a velocidade no filtro do Snapchat chegar a mais de 180 km/h.

Snapchat (3)

Continua após a publicidade

Após o acidente, Christal continuou publicando fotos e vídeos na sua conta no Snapchat, incluindo um registro que mostra ela sendo atendida pelos bombeiros com a legenda: “Tenho sorte de estar viva” — a jovem e seus passageiros sofreram escoriações leves.

Snapchat (1)

Maynard, no entanto, não teve a mesma sorte: o homem, que é um motorista do Uber, sofreu lesões permanentes no cérebro durante o acidente. O rapaz não pode mais ficar sozinho em virtude dos ferimentos e, agora, seus familiares estão cuidando dele em casa. “Wentworh acordava sozinho, tomava café, ia para o trabalho e cozinhava o jantar. Agora ele está tão cansado que adormece em sua cadeira de rodas durante o dia“, contou a esposa do homem, Karen.

Os advogados da família argumentam que não apenas Christal deva ser responsabilizada pelo acidente, mas também o Snapchat, por não conhecer seu produto direito e não reconhecer que o filtro de velocidade poderia encorajar motoristas a se distraírem e correrem nas ruas. As informações são do BuzzFeed.

Continua após a publicidade

Dê sua opinião: E você, acha que o Snapchat deve ser responsabilizado pelo acidente? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa fanpage no Facebook.

Publicidade