Clique e assine por apenas 6,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Novidades da cultura pop e da internet

Rodrigo Faro surpreende fãs ao relembrar gesto de Eliana

No "Programa do Gugu", o apresentador da Record também se emocionou ao relembrar os problemas do pai, que morreu quando ele tinha apenas 12 anos de idade

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 10 Aug 2017, 12h04 - Publicado em 10 Aug 2017, 11h57

Rodrigo Faro surpreendeu os fãs ao fazer revelações no Programa do Gugu que foi ao ar nesta quarta (9). Na conversa, o apresentador falou sobre a relação com os concorrentes Eliana e Faustão. “O Faustão é um cara que me carregou no colo. Eu pedia para a minha mãe me levar escondida do Juizado de Menores para ver ‘Perdidos da Noite’. Nunca consegui essa oportunidade de ser apresentado na Globo, mas quando recebi a proposta da Record, ele me disse que se era o meu sonho, era para eu ir“.

Sobre Eliana, que está afastada do SBT desde maio após uma gravidez de risco, Rodrigo revelou algo desconhecido aos fãs: a apresentadora é uma das responsáveis por sua grande chance na televisão. “Nunca falei isso, mas a primeira vez que eu recebi o convite da Record, antes de 2008, ela ligou para o empresário dela e disse ‘ajuda o Rodrigo. Se ele quer ser apresentador, faça alguma coisa por ele’. Quis o destino que depois eu fosse concorrer com ela, uma pessoa por quem eu tenho um carinho muito grade“.

Ela está passando por um momento difícil, mas ela já venceu. A gente quer que a Manuela nasça com muita saúde. Eu quero que ela e o Adriano sejam muito felizes“, desejo o apresentador.

Rodrigo derrota Eliana, que está sendo substituída por Patrícia Abravanel, quase todas as semanas e, às vezes, também ganha da Globo aos domingos em audiência — mas ele diz que não fica contente com as vitórias: “Se eu ganho do Faustão, eu vou ficar feliz? Como eu vou colocar lá um post: ‘Rodrigo Faro vence Faustão’? Será que ele vai ficar chateado com isso? Ou a Eliana vai ficar chateada com isso? Comemoro sem graça, é uma situação muito complicada. Eu ainda não consigo me ver assim no meio de vocês“. Assista: 

Continua após a publicidade

Em sua casa em Orlando, nos Estados Unidos, o apresentador também desabafou ao relembrar os problemas do pai, que morreu quando ele tinha apenas 12 anos de idade: “Meu pai foi vítima do alcoolismo, morreu cedo. Presenciei muitas cenas que ficarão na minha cabeça para sempre. Com 8, 9 anos, eu tive que proteger a minha mãe de situações complicadas“, disse, emocionado.

Apesar das memórias tristes, Rodrigo garante que não há rancor: “Começar a trabalhar com 8 anos me fez amadurecer. Ele não era mais uma pessoa presente quando morreu. Tivemos momentos bons, mas a bebida destruiu ele. Eu quero ser um pai maravilhoso, o que meu pai não conseguiu ser“, disse o apresentador, que é pai de três meninas com Vera Viel.

Dê sua opinião: E você, o que achou da emoção de Rodrigo Faro? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook!

Publicidade