Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Policial se disfarça para pegar criminosos, mas acaba sendo surpreendido por atos generosos

O policial Mark Horsley, de Vancouver, no Canadá, precisava investigar um crime horrível: no centro da cidade, criminosos estavam tirando vantagem de pessoas com deficiências físicas. Para capturar os criminosos, o sargento só viu uma saída — usar uma cadeira de rodas e se disfarçar. + Pai e filha comemoram aniversário com atos aleatórios de bondade + […]

Por Tatiane Rosset Atualizado em 26 fev 2017, 15h35 - Publicado em 17 jul 2015, 18h55

ABRE05

O policial Mark Horsley, de Vancouver, no Canadá, precisava investigar um crime horrível: no centro da cidade, criminosos estavam tirando vantagem de pessoas com deficiências físicas. Para capturar os criminosos, o sargento só viu uma saída — usar uma cadeira de rodas e se disfarçar.

+ Pai e filha comemoram aniversário com atos aleatórios de bondade
+ Casal encontrou a maneira perfeita de compartilhar o vídeo de seu noivado

Durante a investigação, Mark esperava momentos de tensão — mas o que ele encontrou foi uma generosidade e bondade da comunidade, conhecida em Vancouver por ser uma área pobre e com alta taxa de criminalidade.

O carinho e a compaixão que eles expressaram enquanto eu estava disfarçado foi inspiradora“, ele comentou em uma reportagem.

Ao longo dos seus dias como cadeirante, Mark percebeu que ninguém tirou vantagem dele. E alguns casos interessantes se destacam: um turista pediu a permissão do policial para rezar com ele por sua saúde. Outro homem viu que o bolso dele estava aberto, fechou o compartimento e ainda brincou: “Tome cuidado, você não quer perder o seu dinheiro!”. Assista: 

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=clNDUoxzSIc?feature=oembed&w=500&h=281%5D

A generosidade e o carinho foram inspiradores“, comentou o sargento. E terminou com uma poderosa mensagem: “Para as pouquíssimas pessoas que querem se aproveitar de pessoa vulneráveis, fiquem espertos: a polícia está de olho. E, ainda mais importante, as boas pessoas do centro estão de olho“.

Dê sua opinião: O que você achou da incrível história de amor e compaixão do policial? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa fanpage no Facebook.

Continua após a publicidade
Publicidade