Clique e assine por apenas 6,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Novidades da cultura pop e da internet

Um novo “desafio” controverso está dando o que falar no YouTube

O youtuber David Dobrik, que tem mais de 8,9 milhões de seguidores, chamou atenção ao compartilhar a pegadinha que pregou no irmão mais novo de um amigo

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 13 set 2018, 17h45 - Publicado em 13 set 2018, 16h09

O youtuber David Dobrik, que tem mais de 8,9 milhões de seguidores no YouTube, chamou atenção ao compartilhar, no dia 5 de setembro, uma pegadinha que pregou no irmão mais novo de um amigo. Com a ajuda da família da criança, ele convenceu o menino de que era invisível. Até o momento, o vídeo acumula mais de 5 milhões de visualizações. Assista: 

Nas imagens, o youtuber explica que ele e a família do amigo estão todos conspirando para convencer o menino, uma criança chamada Vardan, que ele realmente desapareceu. O garoto parece estar 100% convencido de que o truque de mágica funcionou e, ao fim do vídeo, é possível ver que o menino está assustado e chorando. A família, então, revela que tudo não passou de uma brincadeira e Vardan parece ficar feliz com a situação, dizendo que irá contar a história para os amigos do colégio. O desafio foi inspirado no clipe de uma série da Netflix chamada Magic for Humans, onde o apresentador e mágico Justin Willman convence, com sucesso, alguns desconhecidos — neste caso, adultos — que eles ficaram invisíveis.

Para convencer uma pessoa de que o truque deu certo, você precisa colocar um cobertor sobre ela, mostrar pessoas reagindo em choque ao remover a cobertura e preparar, previamente, uma foto para provar a “invisibilidade” da pessoa que está sendo enganada. Ao fim do desafio, uma pessoa volta a colocar a coberta sobre o desaparecido, trazendo-o de volta. No vídeo, a Dobrik e a família de Vardan revelan que se sentiram mal ao ver a criança chorando, mas não conseguiram evitar as risadas.

Continua após a publicidade

O vídeo (pra lá de popular) chamou atenção no YouTube e, em outras plataformas, outros internautas estão participando do desafio, fazendo irmãos mais novos e outros familiares desaparecerem. Makayla Cunningham, uma jovem de 18 anos de idade, revelou ao BuzzFeed que pensou imediatamente na irmã de 11 anos de idade ao ver o clipe na internet. “Eu vi o vídeo que o David Dobrik publicou no YouTube dele e um amigo disse que nós deveríamos tentar fazer isso com a minha irmã mais nova, Ava”. 

A família inteira de Makayla concordou em participar do desafio. A menina, no entanto, ficou desesperada ao ver que tinha “desaparecido”, até caindo no chão ao achar que estava realmente invisível. O vídeo já acumula mais de 220 000 retuítes no Twitter e foi visto por mais de 15,9 milhões de pessoas.

“Ao ver que ela ficou muito sensível com a situação, nós interrompemos a brincadeira imediatamente, eu fiquei muito chateada, a abracei e disse que tudo ficaria bem”, relembrou Makayla. Ao notar que participava de uma pegadinha, a menina começou a rir “histericamente” e parabenizou a família pelo trabalho: “Vocês realmente fizeram um bom trabalho”, disse a menina de 11 anos. “Ela está muito bem, e ainda é a menina feliz e vibrante que sempre foi”.

Após a repercussão no YouTube e em outras redes sociais, muitos internautas estão criticando o desafio. Alguns argumentam não considerar a pegadinha engraçada e alguns acreditam que seria um tipo de comportamento “abusivo” com as crianças. “É interessante como o novo ‘desafio’ é sobre assustar uma criança e rir disso”, disparou um internauta.

Makayla sente muito pelas pessoas que se sentiram ofendidas, mas diz que não se arrepende de ter participado do desafio porque “ele foi hilário e fez muitas pessoas sorrirem”. A youtuber Jennyfer Suero aplicou a mesma pegadinha a sua irmã de 8 anos de idade. Ela acredita que, desde que a brincadeira seja “curta” e “honesta”, não há problemas.

Dê sua opinião: E você, o que achou da polêmica? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook!

Publicidade