Clique e assine por apenas 5,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Paulo Coelho explicou no Twitter ausência na festa de abertura da Olimpíada

A festa de abertura da Olimpíada do Rio operou um milagre: fez o povo brasileiro se empolgar, em questão de poucas horas, por um evento que parecia cercado por incertezas. Não foram poucos os momentos emocionantes da festa, que trouxe teve como um dos pontos altos a participação de uma das nossas estrelas internacionais: a modelo Gisele […]

Por VEJASP - Atualizado em 26 fev 2017, 10h54 - Publicado em 8 ago 2016, 20h13

pauloabertura

A festa de abertura da Olimpíada do Rio operou um milagre: fez o povo brasileiro se empolgar, em questão de poucas horas, por um evento que parecia cercado por incertezas. Não foram poucos os momentos emocionantes da festa, que trouxe teve como um dos pontos altos a participação de uma das nossas estrelas internacionais: a modelo Gisele Bündchen.

+ Um tuíte antigo de Rafaela Silva mostra as voltas que o mundo do esporte dá

Um outro representante do Brasil no exterior, no entanto, acabou sendo “esquecido” na cerimônia: o escritor Paulo Coelho. No Twitter, ele foi questionado por uma seguidora sobre o caso: “Senti falta de uma menção a você na cerimônia de abertura, sendo dos nossos maiores ídolos no mundo“. A resposta do autor: “Eu deveria estar na abertura, mas me confundi e aceitei outro convite“, disse.

paulotweet

De acordo com o colunista Lauro Jardim, Paulo foi convidado para carregar a bandeira olímpica na abertura dos Jogos. Mas tinha outro compromisso agendado para 5 de agosto.

Resposta enviesada? Ironia? Ou nada disso? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa fanpage no Facebook.

Continua após a publicidade
Publicidade