Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Padre Fábio de Melo abre o coração ao falar sobre o suicidio da irmã

"Eu achei que tinha sido tudo uma mentira, uma bobagem", disse o religioso em entrevista ao jornalista Roberto Cabrini para o "Conexão Repórter", do SBT

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 5 fev 2020, 14h12 - Publicado em 24 abr 2018, 12h33

Padre Fábio de Melo chamou atenção na noite desta segunda (23) ao dar uma entrevista ao jornalista Roberto Cabrini para o programa Conexão Repórter, do SBT. No bate-papo, ele abriu o coração ao relembrar o suicídio de sua irmã, Cida, fato que marcou sua vida e sua carreira: “Eu achei que tinha sido tudo uma mentira, uma bobagem“, disse o religioso, que é conhecido por alertar seus fãs sobre os perigos da depressão e outras doenças psicológicas.

No meio de tudo aquilo eu não fui capaz de resgatar a minha irmã. Eu nunca fui capaz de ser para ela o que eu considero ser para muitas pessoas. É como se eu fosse um excelente médico e o paciente está morrendo ao meu lado e eu não o vejo“, desabafou Fábio de Melo, de 47 anos de idade. Ele também diz que pensou não ter fé quando Cida morreu. ‘Nem foi questionar. Eu cheguei a pensar que não tinha“, disse.

https://www.youtube.com/watch?v=iIruKO3cHX0

O religioso também disse que um dos desafios que enfrenta diariamente é a síndrome de pânico, um tipo de transtorno de ansiedade que leva o paciente à crises de desespero e medo. Fábio de Melo relata que no auge das crises pensava muito na irmã: “Era a lembrança que mais me doía, eu não consegui chegar ao sepultamento“. O desabafo do religioso chamou atenção na internet. Confira a repercussão: 

Dê sua opinião: E você, o que achou do desabafo do padre Fábio de Melo? Deixe seu comentário e aproveite para curtir a nossa fanpage no Facebook!

Continua após a publicidade
Publicidade