Clique e assine por apenas 6,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Novidades da cultura pop e da internet

Objeto inusitado é encontrado após sessão de “Cinquenta Tons”

Funcionários de cinema compartilharam a descoberta no Twitter: "Arrependimento instantâneo", escreveram após manusear o produto

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 25 Feb 2017, 20h00 - Publicado em 15 Feb 2017, 12h08

Os fãs da série Cinquenta Tons de Cinza ficaram empolgados com o lançamento de Cinquenta Tons Mais Escuros. O filme, no entanto, é muito menos sensual do que o esperado: com classificação indicativa para 16 anos de idade no Brasil, o longa é muito mais “suave” do que o prometido — clique aqui para saber o que o crítico Miguel Barbieri Jr. achou da novidade.

No entanto, ainda há quem vá assistir ao filme com esperança de ver algumas cenas quentes entre Anastasia e Christian Grey. Um funcionário do cinema de Hayden Orpheum, em Sydney, na Austrália, compartilhou um objeto muito inusitado que encontrou na sala de cinema após o fim da sessão de Cinquenta Tons Mais Escuros: um… pepino.

Agora, os funcionários do cinema estão tentando entender como o vegetal foi parar lá. Na legenda do clique, eles escrevem: “Aquele momento constrangedor quando você encontra um pepino na sala de cinema após a sessão de Cinquenta Tons Mais Escuro”. Os internautas, então, questionaram se os funcionários teriam usado luvar para manejar o objeto — eles responderam que não e que isso provocou um “arrependimento instantâneo” nos presentes.

No Brasil, a continuação de Cinquenta Tons de Cinza (2015) já levou aos cinemas mais de 1,3 milhão de espectadores e arrecadou 22 milhões de reais.

Dê sua opinião: E você, o que achou do objeto inusitado encontrado pelos funcionários? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook!

Publicidade