Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Casal pede contribuição de 630 reais para convidados de casamento

Após história provocar polêmica nas redes sociais, o noivo justificou a decisão: "Nós estamos pedindo para que eles paguem pelas acomodações"

Por Redação VEJA São Paulo 20 set 2017, 17h01

O casamento de Ben Farina, de 33 anos de idade, está marcado para 2018 — mas o noivo está enfrentando uma grande controvérsia antes da cerimônia. O rapaz pediu que os convidados contribuíssem com uma quantia de 150 libras (cerca de 630 reais) para ajudar a pagar pela festa dos sonhos do casal. As informações são do The Daily Mirror.

A história do rapaz chamou atenção online após ele revelar aos convidados que eles não poderiam entrar na celebração se não pagassem a quantia para “ajudar” no casamento. Ben e Claire compraram uma casa antes do pedido de noivado e, após as formalidades, o rapaz admitiu que precisaria ser criativo para bancar as despesas da cerimônia luxuosa. Ele também revelou que o casal gostaria de casar em uma viagem internacional, mas que muitos membros da família não poderiam viajar por recomendação médica.

Ao tabloide britânico, Ben revelou que pediu o auxilio aos amigos e familiares após oferecerem um pacote para o casamento. A oferta é válida para os chalés de Knockerdown, próximos a Derbyshire, na Inglaterra. O dinheiro cobriria acomodação, comida e bebida, além do uso do spa e da piscina do local para os convidados. Com mais de 200 pessoas confirmadas, o casal está pagando cerca de 3 000 libras (12 000 reais) para celebrar a união.

Após a polêmica, Ben defendeu a iniciativa: “Os chalés de Knockerdown nos ofereceram um pacote que contemplava todos os hóspedes. Eles ficariam hospedados no local durante todo o fim de semana e nós não precisaríamos pagar os custos da viagem. Todos chegarão ao local na sexta-feira e voltarão para casa na segunda-feira. É como se fosse uma folga para eles“, defendeu o rapaz. “Os convidados estão pagando para ficar nos chalés durante o fim de semana, com um valor de 150 libras por pessoa. Com esse valor, eles têm o direito de usar o spa do endereço, nadar na piscina, além de comida e bebida“. Assista: 

O pacote contratado por Ben e sua noiva é bastante simples: eles alugam os chalés do endereço e o salão para o casamento é cortesia. “É como quando você faz uma festa e o dono do empreendimento diz que, se você gastar uma quantia determinada no bar, o local é grátis“, explicou o rapaz. “Nós não estamos cobrando nossos convidados para pagar pelo nosso casamento — nós estamos pedindo para que eles paguem pelas acomodações. Nós falamos que o valor é este se eles quiserem festejar com a gente“. O noivo também deixa claro que o casal ainda precisará pagar pelos ternos, comidas servidas na festa, vestidos e muito mais.

  • Ben e Claire se conheceram oito anos atrás, quando trabalharam juntos. O noivo revelou ao The Daily Mirror que está ansioso para se casar com o amor da vida dele em junho de 2018: “Nós estamos ansiosos para a cerimônia e esperamos que seja um fim de semana especial para todos os convidados“, explicou.

    Dê sua opinião: E você, o que achou da polêmica? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook.

    Continua após a publicidade
    Publicidade