Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Menino de 5 anos surpreende vizinhos ao salvar a vida da mãe

Mulher teve convulsão e desmaiou enquanto preparava o banho e poderia ter morrido afogada se a criança não tivesse agido rápido: "Ele salvou a minha vida"

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 20 abr 2017, 19h41 - Publicado em 20 abr 2017, 19h36

Um menino de apenas 5 anos de idade que mora em Arizona, nos Estados Unidos, com a família está sendo considerado um “herói” após salvar a vida de sua mãe, que sofreu uma convulsão e desmaiou enquanto estava tomando banho. O fofo Salvatore Cicalese pegou sua irmã mais nova e correu até o vizinho para pedir ajuda após ver a mulher sangrando na banheira.

Katelyn Cicalese, a mãe do menino, sobreviveu à convulsão e já está recuperada, felizmente. O acidente, que rendeu ao garoto o apelido de “Super Sal”, aconteceu por volta das 20h do dia 14 de março. Sua mãe tinha acabado de colocar o menino e sua irmã mais nova, uma bebê de apenas 2 meses de idade, na cama, quando resolveu tomar banho. Ao chegar ao cômodo e começar a encher a banheira, ela sofreu uma convulsão, desmaiou e acabou batendo a cabeça ao cair.

O menino estava no quarto quando ouviu o forte estrondo e foi até o quarto da mulher ver se estava tudo bem. Ele a encontrou desacordada e acreditou que a mãe estivesse morrendo, o que fez com que ele pegasse a irmã mais nova e a colocasse no sofá enquanto ele resolvia a situação. O menino foi até a garagem e abriu o portão com a ajuda de um banquinho para alcançar o interruptor. Na sequência, voltou para buscar o bebê e foi até a casa da vizinha, Jessica Penyoer.

De acordo com o The Daily Mail, a reação da mulher foi de choque: ela ficou surpresa ao encontrar os jovens vizinhos na porta de sua casa. “Ele disse: ‘Minha mãe está morrendo no banheiro. Você pode cuidar de nós?“, contou Jessica. Ela pediu ajuda e foi até a casa da família Cicalese, onde encontrou Katelyn desacordada. “Honestamente? Ele salvou a minha vida. Eu estava abaixo da torneira, que ainda estava aberta, se ele não tivesse buscado ajuda eu poderia ter morrido afogada“, contou a mãe do pequeno Sal. Assista: 

Katelyn está completamente recuperada, mas revelou que o menino ainda pergunta todos os dias se ela está bem. Na sexta (14), um mês após o acidente, os bombeiros da cidade apareceram na casa da família e deram um “certificado honorário” ao menino, assim como um brasão, uma camiseta e um capacete para agradecê-lo pelo serviços prestados.

  • Dê sua opinião: E você, o que achou da história compartilhada pela família? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook!

    Continua após a publicidade
    Publicidade