Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Marcos Mion se emociona com aprovação de lei que leva nome de seu filho

Romeo Mion é portador de autismo; lei cria documento especial para pessoas do espectro

Por Redação VEJA São Paulo 13 dez 2019, 16h40

Marcos Mion, apresentador do reality show A Fazenda, da Record, comemorou nesta sexta (13) a aprovação de uma lei que leva o nome de seu filho. Romeo Mion, de 14 anos, é autista. A condição neurológica virou uma das bandeiras do artista.

A lei foi aprovada no Senado Federal, e cria a carteira nacional de identificação do autista. Depende ainda da sanção do presidente Jair Bolsonaro. “Dá um patamar de visibilidade inédito“, disse Mion. Caso a medida seja sancionada, o documento que poderá ser emitido por quem é portador da condição será válido em todo o país.

A lei determina também que pessoas com autismo devem ter prioridade no atendimento em estabelecimentos e também exige que os cinemas ofereçam, uma vez ao mês, sessões para pessoas autistas, adaptadas ao público.

Pelo Instagram, Mion divulgou um vídeo comemorando a decisão do Senado. “Quanta emoção estou sentindo! Desde ontem me sinto andando em nuvens”, disse.

“Me dediquei incansavelmente atuando nos bastidores para a aprovação da lei, somando ao trabalho destemido, de décadas, de todas organizações e movimentos autistas!”. Ele agradeceu também ao filho. “Ainda não caiu minha ficha. Mas eu consigo entender que o Romeo é um agente transformador não apenas da minha vida, mas agora de milhões de pessoas.”

View this post on Instagram

. Quanta emoção estou sentindo! Desde ontem me sinto andando em nuvens. Pelos dois motivos que cito no vídeo🙏🏼 . É importante destacar que a lei ainda precisa ser assinada pelo Presidente, o que só vai acontecer ano que vem por trâmites necessários. Mas já foi APROVADA🎉💙 . É uma sensação difícil de explicar, me dediquei incansavelmente atuando nos bastidores para a aprovação da lei, somando ao trabalho destemido, de décadas, de todas organizações e movimentos autistas! . Essa não é uma conquista que eu conseguiria sozinho, tem o trabalho de todos ativistas, a emoção de todos pais e mães de autistas, além dos próprios autistas que receberam meu anjo Romeo, eu e nossa família na comunidade com tanto carinho e admiração. . É fundamental também dar todo crédito e reconhecimento a quem entendeu a importância da carteira e colocou tudo em movimento: nossa primeira dama @michellebolsonaro , uma mulher com o coração de ouro, humildade e dedicação ao próximo fora do comum. . A deputada federal @carmenzanotto_deputada que foi quem guiou nossa vontade dentro do Senado e soube articular com maestria para conseguirmos a aprovação ainda este ano! Ao senador #LuizCarlosHeinze que acolheu nossa causa, inclusive de dar o nome da lei em homenagem ao Romeo. A @rejane.dias que é autora da PL e ao @davialcolumbre , presidente do Senado, e em nome dele também a todos senadores e senadoras que votaram e aprovaram o Projeto de Lei e o nome do meu filho para representar tamanha conquista para os autistas! 🙌🏼 . Ainda não caiu minha ficha…mas eu consigo entender que o Romeo é um agente transformador não apenas da minha vida, mas agora de milhões de pessoas. E assim será pra sempre! Todo autista que tirar sua Carteira Nacional de Identificação, vai tirar a Carteira Romeo Mion. . . Vcs tem noção do quanto isso significa?? Mais uma vez Romeo vai impactar positivamente a vida de milhares de pessoas que ele nem vai conhecer. E já teve gente que olhou pra ele com desprezo, como um incapaz. Ou como ouvi uma vez “ele veio quebrado”. Ele agora será lembrado pra sempre, dando dignidade, reconhecimento e acesso para todos com TEA. 🙏🏼 . Obrigado Jesus Cristo. Obrigado.

A post shared by Marcos Mion (@marcosmion) on

Continua após a publicidade

Publicidade