Clique e assine por apenas 6,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Novidades da cultura pop e da internet

Mãe é surpreendida por mensagem de desconhecida no Facebook

"Estou em dúvida porque não estou acostumada a aceitar ajuda"

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 5 Feb 2020, 13h54 - Publicado em 31 Jul 2018, 18h10

Olá, você não me conhece, mas, por algum motivo, os seus compartilhamentos chamaram a minha atenção” — essa foi a mensagem que a usuária do imgur @BillietheUnicorn42 recebeu em seu Facebook. A mulher entrou em contato com a internauta, uma mãe solteira, para ajudá-la com os materiais escolares dos filhos e, assim, dar um pequeno alívio a ela.

Não sou mãe solteira, mas eu sei como é difícil. Tenho muitas amigas que são. Se você precisar/se interessar pela ajuda, eu quero ajudar duas mães a comprar o material escolar que estão precisando. Se você me mandar uma foto da lista dos seus filhos, eu vou enviar os produtos para o endereço de sua escolha!“, explicou a desconhecida. Ela, no entanto, tinha algumas condições: “Não revele quem deu os materiais escolares. Não estou buscando nada em troca e não quero ser perseguida. Prefiro continuar anônima. Se você precisar/quiser a ajuda, eu preciso saber a resposta até 20 de julho para que eu possa selecionar outra pessoa. E ajude algum estranho um dia!“, pediu a mulher.

Ao Bored Panda, a internauta revelou que a mulher anônima a encontrou em um grupo no Facebook de apoio à mães: “Eu já tinha pedido conselhos por lá, mas eu não a conhecia“, explicou. A princípio, @BillietheUnicorn42 tinha suspeitas, mas após algumas buscas rápidas nas redes sociais, a mulher decidiu confiar na desconhecida.

A mamãe não quis aceitar a proposta, num primeiro momento: “Estou em dúvida porque não estou acostumada a aceitar ajuda, mas não consigo descrever como isso ajudaria. E, fique tranquila, eu vou retribuir”, garantiu a mulher após ouvir a sugestão da desconhecida. Mesmo após a conversa, a internauta ainda não acreditava que tinha sido escolhida por acaso. A ‘boa samaritana’, então, contou uma história para mudar a perspectiva dela sobre o presente inesperado.

Continua após a publicidade

Talvez essa história ajude. Eu não procuraria muito por um motivo ou razão para merecer algo. Às vezes um presente é apenas um presente. Vinte anos atrás, um homem leu o meu nome num jornal. Ele ligou para a universidade onde eu tinha prestado vestibular e disse que todo o dinheiro que ele doou para a instituição deveria pagar a minha formação pelos próximos quatro anos. Eram 75 000 dólares. Ele se recusou a me conhecer, não tinha um telefone e só se comunicava por meio de cartas“, explicou a mulher. “Eu não fazia ideia por que recebi um presente como esse, mas mudou a minha vida“.

Eu não teria conseguido me formar se não fosse por esse dinheiro, eu era muito pobre. Eu me formei em ciências, sem dívidas. Eu vivo uma vida boa. Essa é a minha maneira de retribuir. Eu era apenas um nome qualquer num jornal. Você é apenas um nome qualquer no Facebook. A vida conecta as pessoas de maneiras estranhas. Apenas aceite. Esse presente não vai ajudar a sua vida, mas talvez a fará um pouco mais fácil por um tempo“, explicou a mulher. @BillietheUnicorn42, então, aceitou a boa ação — e recebeu as encomendas em casa.

Eu abri as caixas hoje. Todos os materiais para os meus filhos irem à escola, além de algumas surpresas. Um novo par de sapatos, o que é ótimo porque eu raramente compro produtos novos, apenas em lojas de segunda mão. Eles vão ficar muito empolgados“, comemorou a mulher. A história emocionante chamou atenção on-line e já acumula mais de 120 000 visualizações em apenas quatro dias.

Continua após a publicidade

Dê sua opinião: E você, o que achou da história emocionante? Deixe seu comentário e aproveite para curtir a nossa fanpage no Facebook!

Publicidade