Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Mãe revela por que não tem barriga aos 6 meses de gravidez

"Eu gostaria de educar as pessoas na esperança de que algumas delas julguem menos os outros e a si mesmas", escreveu no Instagram

Por Redação VEJA São Paulo 2 nov 2017, 19h52

No dia 1° de outubro, a empreendedora Yiota Kouzoukas compartilhou em seu perfil no Instagram os 6 meses de gravidez: “Este é o crescimento da minha barriga com três, quatro e cinco meses! Sou muito abençoada por não ter tido problemas nos últimos dois meses!“, escreveu a mulher na legenda do clique, onde mostra o “antes e depois” da gestação. Confira:

View this post on Instagram

#6monthspregnant today 🙈I can't believe how fast this is going. This is my belly growth from months 3, 4 and 5! So blessed with no issues these past 2 months ❤️ My placenta is at the back of my uterus, which is why I've been so spoilt with kicks, big and small. Anyone else have this?

A post shared by Yiota Kouzoukas (@yiota) on

Continua após a publicidade

O “problema”? A jovem não parece grávida e, aos 6 meses de gestação, exibe apenas uma pequenina barriga. Foi então que seus mais de 210 000 seguidores no Instagram começaram a questioná-la, chegando até a colocar em xeque a veracidade da gravidez. Após a repercussão negativa, a empresária resolveu usar as redes sociais para esclarecer a questão: “Eu recebi muitas mensagens e comentários falando sobre o tamanho da minha barriga, e é por isso que eu quero explicar algumas coisinhas sobre o meu corpo“, disse na publicação.

View this post on Instagram

Oh happy days 💙 #kythira

A post shared by Yiota Kouzoukas (@yiota) on

Continua após a publicidade

Eu não estou chateada ou fui afetada por esses comentários, mas eu gostaria de educar as pessoas na esperança de que algumas delas julguem menos os outros e a si mesmas“, esclareceu. “Pelos primeiros 4 meses da minha gestação, o meu útero retroverteu, o que significa que o feto estava crescendo para dentro do meu corpo, e não para fora. A maioria das pessoas que têm esse tipo de problema esperam até as 12 semanas de gravidez, quando o crescimento começa para fora, como normalmente é — o meu útero não deu essa virada até eu completar 4 meses de gravidez“.

View this post on Instagram

This photo is from 2 weeks ago at #25weekspregnant Throwback as I’ve been sick with migraines and haven’t been able to take any new pics. Thank you to everyone who messaged me with their own personal migraine cures ❤️My migraines are muscle/scar tissue related from multiple car accidents, so I usually stay on top of them with remedial massage, physio and regular exercise. Unfortunately due to being pregnant, I haven’t been able to stay on top of my management as well as usual so I’ve been down and out with migraines again. 4 days, lots of sleep, crying, vomiting and massages later, I woke up feeling great today! Let’s hope it stays this way ❤️ Anyone else suffer from migraines while pregnant that aren’t hormonal? PS. thanks @gkazoo1 for the endless neck and back massages

A post shared by Yiota Kouzoukas (@yiota) on

Continua após a publicidade

A jovem, então, continua a explicar a condição: “O meu só virou aos 4 meses de gestação por causa da posição em que meu útero estava além dos mais de dez anos que eu luto contra a endometriose. Basicamente, essas condições estão agindo como âncoras, mantendo minha barriga para dentro do meu corpo e não para fora, e é por isso que eu pareço ser menor do que a maioria das grávidas com 4 ou 5 meses de gravidez“.

View this post on Instagram

Thank you sun for eventually gracing us with your presence today! ☀️ @rosiee_k

A post shared by Yiota Kouzoukas (@yiota) on

Continua após a publicidade

View this post on Instagram

Long weekend done and dusted 💙

A post shared by Yiota Kouzoukas (@yiota) on

Continua após a publicidade

Agora, com 6 meses de gravidez, eu estou crescendo para fora como todas as outras mães. O meu torso também é curto e o meu abdômen é naturalmente tonificado, o que está deixando a minha barriga muito tensa. Eu precisei parar todo e qualquer tipo de exercícios para a barriga para evitar maiores problemas de saúde. Isso é algo que funciona pessoalmente para mim e eu fui instruída pelo meu médico e definitivamente não é uma regra a ser seguida por todas as mulheres“.

  • Yiota encerra com um recado: “Eu estou perfeitamente saudável, meu bebê está perfeitamente saudável e é isso que importa. O nossos corpos e barriguinhas são diferentes e as nossas curvas e tamanhos também são diferentes!“. Confira: 

    View this post on Instagram

    *BUMP SIZE* I receive a lot of DMs and comments regarding the size of my bump, which is why I want to explain a few things about my body. Not that I’m upset/affected by these comments at all, but more for the reason of educating in the hope that some people are less judgemental on others and even themselves. For the first 4 months of my pregnancy, my uterus was retroverted/tilted which means that I was growing backwards into my body rather than outwards. Most people with this type of uterus tilt forward at around 12 weeks and continue growing outwards like you normally would. My uterus didn’t “flip forward” until well into being 4 months pregnant because of the backwards tilted position paired with decade old endometriosis scarring that I have on my uterosacral ligaments. Basically, these ligaments are acting like anchors keeping my uterus “inside” rather than “outside”, which is why I appeared smaller than most people for the first 4 or 5 months. Now, at #6monthspregnant I’m growing forwards just like everyone else while the scarring on my ligaments slowly breaks down. My torso is also short and my stomach is naturally toned which is keeping my belly super tight, so I’ve had to personally stop all ab exercises to avoid any issues with possible ab separation. This is for me personally, as instructed by my doctor and is in no way a blanket rule for anyone else. I’m perfectly healthy, baby is perfectly healthy and that’s all that matters. Our bodies and bumps are all different and our shapes and sizes are all different too ❤️

    A post shared by Yiota Kouzoukas (@yiota) on

    Continua após a publicidade

    Dê sua opinião: E você, o que achou do desabafo da empresária? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook.

    Continua após a publicidade
    Publicidade