Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Jovem de 19 anos dá à luz após “gravidez” de apenas quatro horas

"Não tinha a menor ideia de que estava grávida, não apresentava qualquer sintoma", desabafou a jovem após descobrir que estava em trabalho de parto

Por Redação VEJA São Paulo 20 out 2017, 17h49

Os 9 meses de gravidez são um momento especial e cheio de tensão para as futuras mamães. É preciso fazer exames, estar sempre acompanhando as mudanças do bebê e se preparar para a chegada do novo membro da família. Pois a jovem britânica Connie Whitton, de 19 anos, não passou por nada disso: ela deu à luz após uma “gravidez” de apenas quatro horas.

Não, você não leu errado. Connie só descobriu que estava esperando o primeiro filho quatro horas antes de parto. O mais curioso é que, assim como a maioria das mulheres, ela também enfrentou uma gestação de nove meses. Apaixonado por selfies e autorretratos, a jovem inglesa submeteu-se a uma rigorosa dieta e chegou a emagrecer 25 quilos durante o período de gestação.

Após a rotina rigorosa, no entanto, Connie percebeu que voltou a ganhar peso — e, ainda por cima, estava exibindo uma barriga um pouco mais flácida e inchada, apesar da dieta difícil. Preocupada, ela decidiu procurar um médico para descobrir a origem do problema nutricional. O ultrassom feito no consultório, então, mostrou o que realmente estava acontecendo: os profissionais da área da saúde conseguiram ouvir um segundo coração batendo no corpo da jovem durante o exame.

Descobri que estava grávida às 21h e dei à luz Seth quatro horas depois“, a jovem contou ao The Daily Mirror. “Essas quatro horas foram como nove meses para mim. Não tinha a menor ideia de que estava grávida, não apresentava qualquer sintoma. Pensei que estivesse na fase inicial de uma gravidez, mas o médico disse que eu já estava em trabalho de parto!“, relatou a mamãe.

  • Connie e seu namorado, Liam, também de 19 anos de idade, já estavam planejando começar uma família — e já tinham até um nome para a criança, Seth. Ou seja, apesar do susto, a chegada do bebê à pequena família foi uma grata surpresa e a jovem descreve o menino como “a melhor coisa” que já aconteceu na vida dela.

    Dê sua opinião: E você, o que achou da história inusitada? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook!

    Continua após a publicidade
    Publicidade