Clique e assine com até 89% de desconto
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Homem chama atenção com solução simples para divertir crianças internadas

O paizão revelou que sempre achou os centros médicos "entediantes e monótonos", então ele decidiu tomar uma atitude a respeito da situação

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 11 abr 2019, 18h35 - Publicado em 11 abr 2019, 18h26

Ficar internado em um hospital nunca é divertido — especialmente se você é uma criança. O paizão Kevin Gatlin, da cidade de Charlotte, Carolina do Norte, nos Estados Unidos, encontrou uma solução simples para o problema:  passou dois anos bolando uma invenção até que o “Playtime Bed Sheets” (ou “Lençóis para Brincar”, em tradução livre) fosse concluído.

Os lençóis são estampados com jogos de tabuleiros e outras brincadeiras, que ajudam a manter as crianças entretidas enquanto estão na cama do hospital, melhorando e recuperando sua saúde. O homem revelou que sempre achou os centros médicos “entediantes e monótonos”, então ele decidiu tomar uma atitude a respeito da situação, criando assim a invenção simples, mas pra lá de eficaz — e, além de diversão, os lençóis também apresentam lições e outras curiosidades, tudo com muita interatividade.

Até o momento, os lençóis de Kevin já estão presentes em dez hospitais nos Estados Unidos. Também é possível comprar as peças por 24,99 dólares (cerca de 95 reais) para doá-las para os centros de saúde de sua preferência no país. As informações são do BuzzFeed

Dê sua opinião: E você, o que achou da iniciativa? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook!

Continua após a publicidade
Publicidade