Guga Chacra chama atenção ao questionar Ricardo Amorim, colega de GloboNews

Apresentador do 'Manhattan Connection', Amorim compartilhou com os seguidores no Twitter detalhes sobre sua viagem aos Emirados Árabes

Quem abriu o Twitter na manhã desta terça-feira (13) pode ter estranhado o nome de dois jornalistas da GloboNews em destaque entre os assuntos mais comentados da rede social. Guga Chacra e Ricardo Amorim apareceram nos trending topics por causa de uma polêmica e uma discussão on-line.

Tudo começou no domingo (11), Dia dos Pais. Apresentador do Manhattan Connection, Amorim compartilhou com os seguidores no Twitter detalhes sobre sua viagem aos Emirados Árabes: “No Dia dos Pais, volto de Dubai sonhando com o país que podemos deixar para os nossos filhos se soubermos usar os recursos do pré-sal, enfrentarmos grupos de interesse que se apropriam do Estado, utilizarmos bem recursos públicos, endurecermos combate a crime e corrupção e educarmos brasileiros”, escreveu.

O economista também compartilhou um texto que publicou em seu perfil no LinkedIn. “Viajar ao exterior nos ajuda a expandir a perspectiva de nosso próprio país. Ir a Dubai fez isso para mim. Em uma geração, passou de um deserto inabitável e miserável a um dos lugares mais prósperos do mundo. Não foi só o petróleo que fez isso acontecer. Atualmente, o petróleo e o gás correspondem a 7% da economia de Dubai. Sozinho, o petróleo não garante o sucesso econômico de nenhum país. As reservas de petróleo da Venezuela são 3 vezes maiores do que a dos 7 emirados que compõem os Emirados Árabes Unidos somados”.

“Dubai usou os recursos do petróleo para fortalecer-se como centro de comércio, desenvolvendo sua infraestrutura e garantindo educação e saúde de qualidade e gratuitas a todos os seus cidadãos. Isso, somado a impostos baixos e tolerância religiosa e cultural, atraiu investimentos e talento de todo o mundo. 80% dos trabalhadores são estrangeiros. As leis são rígidas, a criminalidade quase inexiste e a limpeza de vias públicas impressiona.”

“A transformação em Abu Dhabi foi parecida. Volto para casa sonhando com a transformação que o Brasil pode fazer se souber usar os recursos do pré-sal, enfrentar grupos de interesse que se apropriam do Estado e utilizar bem os recursos públicos, endurecer o combate ao crime e à corrupção e investir em qualificar os brasileiros”, finalizou. Confira: 

Na manhã desta terça-feira (13), após a repercussão da publicação de Amorim, o jornalista Guga Chacra, que atua como comentarista na GloboNews, TV Globo e Rádio CBN, resolveu questionar o colega: “Com todo o respeito, Ricardo Amorim, os Emirados Árabes são uma ditadura sanguinária, que comete atrocidades na Guerra do Yemen e onde mulheres são cidadãs de segunda classe. Não há liberdade de imprensa, diz o Repórteres Sem-Fronteiras. Estaríamos presos por nossos comentários”, apontou o comentarista — que é mestre em relações internacionais.

Dê sua opinião: E você, o que achou da resposta de Guga Chacra? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook!

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s