Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Giovanna Ewbank emociona ao falar sobre adoção

No programa Se Joga, artista falou sobre críticas que enfrentou por nunca ter tido filhos biológicos

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 5 fev 2020, 13h44 - Publicado em 3 out 2019, 16h50

Giovanna Ewbank emocionou durante relato sobre a adoção dos seus filhos Titi e Bless no programa Se Joga. A atriz entrou ao vivo por meio de uma vídeochamada, por conta de uma gravação que circulou nos últimos dias pela internet.

Em um palestra no Paraná, a atriz havia falado sobre os questionamentos que a magoam por não ter filhos biológicos. Ela contou que encontrou textos pela internet que diziam que era estéril.

Fernanda Gentil chamou a global para comentar o assunto, e novamente, ela não segurou a emoção ao falar sobre os filhos adotivos com Bruno Gagliasso. “Fui muito questionada, criticada. Percebi que muitas pessoas não têm o entendimento do que é adoção”, contou.

Adoção é sim, maternidade ou paternidade. Todos os dias sou parada na rua e me perguntam: ‘e o filho de vocês vem quando?”, lembra. “Isso começou a me incomodar. Acredito que essas pessoas não fazem essas perguntas por mal. Eu respondo e tento ser gentil, mas quando chego em casa, estou destruída. Porque ela é minha filha, eles são meus filhos”.

“Não tenho a obrigação de provar que sou estéril ou não. No caso, não sou. Mas se fosse, não teria essa obrigação”, disse ela a Fernanda, emocionada.

A atriz também falou sobre machismo. “O que eu vejo é que a culpa está sempre na mulher. Sempre que somos questionados, e perguntam se sou estéril, nunca é perguntado para o Bruno. Por que a culpa é da mulher? Acho que temos que sempre lutar sobre isso e ver que nós mesmas temos atitudes machistas”.

Quem assistia o programa foi as redes sociais comentar a declaração da artista:

Dê sua opinião: E você, o que achou do relato da artista? Deixe seu comentário e aproveite para curtir a nossa fanpage no Facebook!

  •  

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade