Grávida de quatro meses, jovem recebe má notícia após fazer exames

A jovem de apenas 18 anos teve, então, que tomar uma decisão bastante difícil

Grávida de quatro meses, a jovem Brianna Rawlings foi diagnosticada com uma forma agressiva de leucemia. A jovem de apenas 18 anos teve, então, que tomar uma decisão bastante difícil: dar continuidade à gestação e colocar a própria vida em risco, ou terminar a gravidez e aumentar suas próprias chances de sobrevivência. A mulher escolheu a primeira opção, colocando a saúde do bebê em primeiro lugar.

“A minha decisão foi sobre o Kyden e apenas sobre o Kyden, ele era o meu filho e pequeno milagre”, contou a mulher. Após contrair uma infecção, no entanto, a paciente precisou passar por uma cesária de emergência e o menino nasceu prematuro de três meses. Após 12 dias de muita luta, no entanto, a criança morreu. “Está sendo muito difícil, longo, exaustivo e doloroso. Mesmo o Kyden não estado mais com a gente, ele me deu a força necessária para lutar contra a doença”, explicou Brianna.

“Estava muito feliz e empolgada para ser mãe — tudo o que eu sempre quis foi ter uma família”. Quando a jovem foi diagnosticada, ela já estava batalhando contra a doença há meses. Médicos fizeram inúmeros exames, mas nunca encontraram resultados que justificassem os enjoos e as dores que a paciente estava sentindo, até que fizeram uma biópsia da medula óssea que diagnosticou o câncer raro e agressivo, que previne que o corpo dos pacientes produza células sanguíneas saudáveis.

Após meses desoladores, a jovem disse que sua saúde está “melhor do que nunca”. “Eu quero vencer essa doença terrível e acredito que posso fazê-lo. Eu fiz uma promessa ao meu filho. Espero poder passar o Natal em casa com a minha família e meus animais de estimação, mimando a todos com muito amor e comida!”, explicou Brianna.

O caso de Brianna é tão raro, que ela está sendo estudada por médicos e estudantes de todo o mundo: “O meu caso pode ajudar alguém no futuro. Estou contando a minha história para dar esperanças aos que estão lutando suas próprias batalhas. Mantenham-se positivos, fortes e cerquem-se de pessoas que te apoiem, fiquem distantes de qualquer tipo de negatividade, aproveitem os dias bons e lutem contra os ruins”, finalizou.

As informações são do The Daily Mail.

Dê sua opinião: E você, o que achou do desabafo da jovem? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook!

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s