Fernanda Lima é acusada de racismo após publicar foto das babás dos filhos na internet

Uma foto publicada pela apresentadora Fernanda Lima no Instagram está provocando polêmica nesta segunda (3). “Aqui em casa não tem essa de babá vestida de branco! Ó o grau das mina!“, escreveu, com a hashtag #nannystyle, na legenda da imagem que mostra as babás Ângela e Tayane Dias, que cuidam dos gêmeos João e Francisco. […]

fe

Uma foto publicada pela apresentadora Fernanda Lima no Instagram está provocando polêmica nesta segunda (3). “Aqui em casa não tem essa de babá vestida de branco! Ó o grau das mina!“, escreveu, com a hashtag #nannystyle, na legenda da imagem que mostra as babás Ângela e Tayane Dias, que cuidam dos gêmeos João e Francisco. Foi o início de uma discussão sobre racismo que envolveu a própria Fernanda – ela rebateu críticas dos seguidores, na caixa de comentários da rede social.


fernandababas

Um dos comentários mais longos chamou a atenção da atriz. “O mais triste desse pais não é o fato de estarem vestidas de branco ou não, é o fato de sempre vermos pelo passado escravocrata esse tipo de foto, a Sinha branca falando ‘Olha minhas negras não vivem na senzala, são da casa’. Pode até tratar bem mas infelizmente elas sempre serão as babás e a sinhá sempre será a boazinha tipo Princesa Isabel. Um dia, neste país, ainda vamos ver os negros no poder e não só subalternos como essa foto #prontofalei“, argumentou.

+ Thor ou Hulk? Forma física do filho de Eike provoca piadas na internet

Fernanda respondeu: “Querida, essas meninas são filhas de uma grande amiga e não trabalhavam. Quando tive meus meninos, liguei pra ela perguntando se elas queriam uma oportunidade de trabalho porque eu estava disposta a ensinar, já que saquei que, apesar de difícil, a profissão de babá pode ser muito rentável. Desde então elas convivem com a nossa família, comemos na mesma mesa, conversamos e trocamos confidências como amigas. E ainda as remunero muito bem”. Confira a íntegra da resposta:

fernanda

A seguidora continuou o diálogo: “Como sou uma pessoa educada e antes que os seguidores da Sinhá Fernanda comecem a me xingar (…), não vão entender nunca mesmo, passando 127 anos da abolição, que vemos a mesma cena: brancos patrões e negros empregados. Tenho certeza que vocês não vão querer que esse quadro mude. Afinal, quem vai servir, né?”

Foi Fernanda quem encerrou a discussão (que já havia se espalhado nos comentários da postagem): “Acho o diálogo rico e pertinente. Principalmente se não houver ofensas. Seguimos assim ou paramos por aqui. Beijos. Não briguem, por favor”, escreveu.

A seguidora de Fernanda tem razão? Ou não? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa fanpage no Facebook.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s