Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Estudante é punida por usar em escola vestido que causa ‘distração sexual’

Um vestido pode provocar o caos num ambiente escolar? Em tese, não. Mas foi exatamente isso que aconteceu em uma escola canadense, no início desta semana. Lauren Wiggins, de 17 anos, foi punida por usar uma roupa que, segundo a direção da escola de New Brunswick, causava “distração sexual” e, por isso mesmo, não era […]

Por VEJASP Atualizado em 26 fev 2017, 16h38 - Publicado em 14 Maio 2015, 16h41

dress

Um vestido pode provocar o caos num ambiente escolar? Em tese, não. Mas foi exatamente isso que aconteceu em uma escola canadense, no início desta semana. Lauren Wiggins, de 17 anos, foi punida por usar uma roupa que, segundo a direção da escola de New Brunswick, causava “distração sexual” e, por isso mesmo, não era nada apropriada.

+ Jovem faz vídeo para ajudar sua mãe a encontrar o amor da vida dela
+ Após perder 70 quilos, mulher registra “antes e depois” em retratos divertidos

Inconformada, Lauren foi ao Facebook para protestar contra a medida tomada pelo colégio. “Hoje recebi uma carta da direção da escola por causa de um vestido que supostamente provoca distração sexual nos garotos. Isso é um absurdo. Chega. Estou cansada desses padrões injustos que as mulheres têm que seguir. Se você está realmente preocupado que um garoto da escola fique distraído por causa da parte de cima das minhas costas e dos meus ombros, então ele precisa ser mandado para casa e praticar o autocontrole“, escreveu, em mensagem reproduzida por sites como o Buzzfeed e o Daily Mirror.

Veja a roupa que Lauren usou (nada provocativa, certo?):

Continua após a publicidade

aluna1

Os pais da adolescente saíram em defesa dela e também publicaram textos inconformados no Facebook. “Vi sua roupa esta manhã e não vi nada provocador nela”, afirmou o pai. O colégio, no entanto, não refugou: o código de vestimentas da instituição proíbe peças que deixem expostas costas e ombros. Blusas de alças finas e tops, por exemplo, são banidos.

laurencarta

Lauren ainda escreveu uma longa carta para o diretor da escola. “Não uso roupas preocupada com a aprovação dessa ou daquela pessoa, mas sim em me sentir bem. A única pessoa que pode fazer algum tipo de julgamento sobre essa situação sou eu”, escreveu. Mas não adiantou. Ela ganhou um dia de suspensão pela infração.

Dê sua opinião: a escola foi correta ou não na decisão de punir a estudante? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa fanpage no Facebook.

Continua após a publicidade
Publicidade