Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Este rapaz culpa o aplicativo Pokémon GO pelo término do seu relacionamento

Se você é uma criança dos anos 1990, provavelmente assistiu ao desenho animado Pokémon e, assim como você, milhares de outras crianças ficaram enlouquecidas pelas histórias de Ash e de sua turma. Não à toa, o lançamento do aplicativo de realidade aumentada virou um fenômeno na semana passada, quando saiu oficialmente em algumas partes do mundo (o […]

Por VEJASP Atualizado em 26 fev 2017, 11h12 - Publicado em 13 jul 2016, 18h01

ABRE04

Se você é uma criança dos anos 1990, provavelmente assistiu ao desenho animado Pokémon e, assim como você, milhares de outras crianças ficaram enlouquecidas pelas histórias de Ash e de sua turma. Não à toa, o lançamento do aplicativo de realidade aumentada virou um fenômeno na semana passada, quando saiu oficialmente em algumas partes do mundo (o Brasil ainda está na fila de espera, infelizmente).

+ Universal Orlando Resort lança restaurante para os loucos por chocolate
+ Vídeo que mostra vestido da Aurora mudando de cor não é assim tão mágico

Junto com a novidade, centenas de histórias bizarras começaram a aparecer: para capturar os Pokémon, é preciso se movimentar pelas ruas da cidade até encontrar, na tela do celular, uma espécie diferente. O passeio já levou alguns fãs a cadáveres, terrenos baldios e alguns adolescentes até foram assaltados enquanto brincavam com o jogo. Mas a história mais curiosa é do namorado que teve uma traição “dedurada” pelo aplicativo.

De acordo com Evan Scribner, morador de Queens, em Nova York, Estados Unidos, o inofensivo jogo é responsável por acabar com o seu namoro. O que aconteceu? O aplicativo mantém o histórico do local onde seus últimos Pokémon foram capturados. No caso do americano, o endereço era a casa de sua ex-namorada, que mora na mesma cidade: “Minha namorada viu que eu capturei um Pokémon enquanto estava na casa da minha ex“, contou o rapaz ao The New York Post.

Continua após a publicidade

Sem Título-1

Como Evan não conseguiu explicar para a atual namorada o que estava fazendo na casa da ex, a garota não quer mais vê-lo — nem se um Pokémon lendário aparecer no quintal de sua casa! “Ela descobriu isso na noite passada, dia 11 de junho, e não entrou em contato comigo desde então“, desabafou, chateado, o rapaz.

pikachu

Pokémon Go foi lançado nos Estados Unidos, Austrália e Nova Zelândia e derrubou todos os servidores do aplicativo com o sucesso. Não há previsões do lançamento do jogo no Brasil, mas as previsões mais recentes garantem que ele deve ser lançado em agosto. Falta pouco!

Dê sua opinião: E você, o que achou da curiosa história de Evan Scribner? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa fanpage no Facebook.

Continua após a publicidade
Publicidade