Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Esta jovem está morando longe de casa, mas sua mascote ainda espera que ela retorne do colégio todos os dias

A jovem Carly Dunn, de 18 anos de idade, está há seis meses na universidade, morando longe de casa e, especialmente, sentindo falta de sua mascote, o simpático cachorrinho Bo. Recentemente, uma história envolvendo os dois amigos chamou a atenção na internet por um motivo adorável — e até um pouco triste — que mostra o […]

Por VEJASP Atualizado em 25 fev 2017, 20h49 - Publicado em 1 dez 2016, 17h15

3

A jovem Carly Dunn, de 18 anos de idade, está há seis meses na universidade, morando longe de casa e, especialmente, sentindo falta de sua mascote, o simpático cachorrinho Bo. Recentemente, uma história envolvendo os dois amigos chamou a atenção na internet por um motivo adorável — e até um pouco triste — que mostra o quanto ele sente a falta da dona.

+ Jovem de 27 anos será a primeira mulher a visitar todos os 196 países do mundo
+ Na Indonésia, gato não abandona túmulo da dona há um ano e comove a internet

Toda a vez que eu saio de casa, ele me olha de uma maneira muito triste, como se eu estivesse estregando-o para a adoção. Algumas vezes eu até o levo para os lugares comigo porque eu me sinto mal em deixá-lo em casa“, revelou a estudante ao BuzzFeed, que garante que a mascote nunca aceitou muito bem despedidas. Na terça (29), Carly publicou uma foto em seu Twitter que comprova a relação o quão fofo é o cão.

1

Continua após a publicidade

Seu pai enviou uma foto de Bo encarando a janela da casa da família, esperando pela passagem do antigo ônibus escolar da dona, esperando para ver se ela chegará em casa. A mascote costumava esperá-la todos os dias após o colégio, correndo até a porta para saudá-la. Aparentemente, o cachorro não perdeu o hábito mesmo após seis meses da formatura de Carly. “Eu estou na faculdade há um semestre, mas o meu cachorro ainda espera que eu desça do ônibus escolar“, revelou num tuíte. Confira: 

A história emocionou muito internautas e já acumula mais de 17 000 retuítes e outras 42 700 curtidas. “Eu não sei porque eu estou chorando no meio do clube“, revelou uma jovem, comovida pelo comprometimento e as saudades do cachorro. “Vá para casa ver o Bo!“, clamaram alguns internautas. Não se preocupem: a estudante estará em casa para as festas de fim de ano 😭

2

Dê sua opinião: E você, o que achou da fofíssima história de companheirismo? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa fanpage no Facebook.

Continua após a publicidade
Publicidade