Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Empresa dá “presente” para funcionários que não fumam

"Um dos nossos empregados não-fumantes colocou uma mensagem na caixa de sugestões dizendo que as pausas para fumar estavam causando problemas"

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 31 out 2017, 17h30 - Publicado em 31 out 2017, 17h17

Fumar pode consumir bastante tempo — pelo menos é o que uma empresa japonesa de marketing acredita. A Piala Inc. revelou recentemente que promete dar um “presente” muito especial para os empregados que não fumam: seis dias extras de férias. O motivo? Os trabalhadores que não tiram intervalos todos os dias para fumar, supostamente, trabalham mais que os fumantes. A notícia é do The Daily Mirror.

Segundo o assessor de imprensa da empresa, Hirotaka Matsushima, a ideia partiu de um funcionário da Piala Inc.: “Um dos nossos empregados não-fumantes colocou uma mensagem na caixa de sugestões da empresa no começo do ano dizendo que as pausas para fumar estavam causando problemas“, revelou. “O nosso CEO viu o comentário e concordou, então nós estamos dando aos nossos funcionários não-fumantes um tempo livre extra para compensá-los“, acrescentou.

  • A decisão da empresa, no entanto, está promovendo ressentimento no escritório. As pausas para fumar, que costumam durar 15 minutos, estão sendo estendidas, o que está atrapalhando o trabalho no dia a dia. Mas há também um lado positivo na mudança: desde que a novidade foi implementada, em setembro de 2017, quatro funcionários abandonaram o hábito prejudicial à saúde.

    Dê sua opinião: E você, o que achou da decisão da empresa? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook.

    Continua após a publicidade
    Publicidade