Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Ela publicou um desabafo na internet após uma experiência ruim numa loja fast-fasion

Na segunda (13), uma estudante publicou um desabafo na página do Facebook de uma popular marca de fast-fashion, a H&M. Anexado à mensagem, Ruth Clemens‎ publicou uma foto sua provando que as calças jeans tamanho 46 são extremamente pequenas — o clique viralizou na internet, sendo compartilhado mais de 9 000 vezes e recebendo mais de 71 […]

Por VEJASP Atualizado em 26 fev 2017, 11h29 - Publicado em 15 jun 2016, 17h15

003

Na segunda (13), uma estudante publicou um desabafo na página do Facebook de uma popular marca de fast-fashion, a H&M. Anexado à mensagem, Ruth Clemens‎ publicou uma foto sua provando que as calças jeans tamanho 46 são extremamente pequenas — o clique viralizou na internet, sendo compartilhado mais de 9 000 vezes e recebendo mais de 71 000 curtidas em poucos dias.

+ Fátima Bernardes usa look afro durante Encontro e dá o que falar na internet
+ Paulo Gustavo publica foto de personagem na internet e provoca polêmica

A mensagem da jovem chamou a atenção das redes sociais por causa das expectativas cruéis que a marca impõe sobre as mulheres: “Por que vocês estão produzindo jeans tão pequenos? Isso não é realista“, pergunta a jovem na mensagem. Ruth experimentou a peça de roupa em uma loja em Leeds, na Inglaterra — e, dias após publicar o questionamento, centenas de mulheres concordaram com suas reclamações, afirmando que já tinham vivido a mesma experiência com produtos da H&M.  Confira o desabafo: 

001

E, abaixo, confira a tradução da mensagem que Ruth mandou para a marca de fast-fasion:

Querida H&M,

Eu estava procurando peças na sua seção em promoção na loja de Leeds [na Inglaterra] e encontrei uma calça jeans. Ela custava apenas 10 libras (cerca 49 reais), uma verdadeira barganha, e tamanho 46. Eu normalmente uso calças 44, e às vezes um número 46. Achei que seria uma boa ideia prová-las. E a experiência não foi nada boa. 

Continua após a publicidade

Eu tenho certeza que vocês sabem que o maior tamanho disponível no seu estoque é, justamente, o tamanho 46 (além, é claro, da sua linha plus size, que suas lojas oferecem de maneira muito limitada e que, definitivamente, não possuem uma variedade tão grande quanto as peças de tamanho menor). Eu não estou acima do peso — não que isso seja importante — e, apesar de eu medir 1,80 metros, meu corpo é bastante comum. Já é difícil encontrar roupas que me sirvam bem por causa da minha altura, então por que vocês estão produzindo jeans que são pequenos, de uma maneira nada realista? Eu sou gorda demais para as suas roupas do dia a dia? Eu deveria apenas aceitar que roupas acessíveis, baratas e na moda não são para pessoas como eu?

Vocês talvez reconheçam a blusa que eu estou vestindo: é uma das que eu comprei na sua loja, e é tamanho médio. Vocês poderiam esclarecer isso para mim?“, escreveu a jovem no desabafo — publicado na fanpage do Facebook da H&M mundial.

004

Após a sua publicação, a mensagem recebeu mais de 7 000 comentários, muitos deles concordando com as afirmações de Ruth: “Isso é verdade! Eu normalmente uso um tamanho 42 e alguns itens no tamanho 46 não me serviram. Eu nunca mais comprarei roupas lá porque não quero me sentir maior do que eu realmente sou“, escreveu uma jovem.

Não acontece apenas com as mulheres, eles não produzem roupas que me vestem bem na H&M. Eu uso camisas GGG e elas nunca estão disponíveis nas lojas“, comentou um outro rapaz, garantindo que o problema não é só para as mulheres. Após muitas reclamações, a própria loja resolveu responder as reclamações no Facebook. Confira: 

002

E, abaixo, veja a tradução da mensagem enviada pela marca aos consumidores:

Olá, Ruth, muito obrigada pela sua opinião. Nós sentimos muito por sua experiência recente numa das nossas lojas. Nós queremos que nossos clientes sempre tenham uma experiência divertida quando estiverem comprando nas nossas lojas e queremos que eles saiam delas se sentindo confiantes sobre seus corpos. Na H&M, nós fazemos roupas para todas as nossas lojas ao redor do mundo, então o tamanho pode variar de acordo com o estilo, corte ou tecido. Nós valorizamos a sua opinião e levaremos as questões que você e outros consumidores levantaram para a nossa diretoria“, escreveu a empresa num comentário no Facebook — a resposta já acumula mais de 790 curtidas.

Dê sua opinião: E você, o que achou da polêmica? Já passou por uma situação semelhante? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook.

Continua após a publicidade
Publicidade