Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Vendedor reclama de clientes que entram para “dar uma olhadinha”

Desabafo deu o que falar na internet e provocou reações diversas

Por VEJA SP Atualizado em 25 fev 2017, 21h13 - Publicado em 16 nov 2016, 17h16

ABRE01

O longo relato de um jovem paulistano sobre a dura vida dos lojistas que trabalham em shopping está dando pano pra manga nas redes sociais. O motivo? Um desabafo sobre a típica ‘olhadinha’, aquela pesquisa que muita gente faz antes de comprar alguma coisa.

+ ‘Vídeo Show’ com Angélica e Huck rende beijo, ‘desmaio coletivo’ e piadas
+ Bruno Gagliasso manda recado no Twitter após denúncia por preconceito

“Toda vez que você coloca o pé dentro de uma loja sem interesse de comprar nada, você está tirando a oportunidade de uma mãe ou um pai de família de ganhar o seu pão, no meu caso pai de uma cachorra terrível”, brincou o rapaz no post. Ele explica que o sistema de organização dos vendedores é rotativo, ou seja: assim que atende um cliente, o vendedor “perde” a vez volta para o final da fila.

Zato ainda “desvendou” algumas das frases mais usadas por clientes para despistar atendentes.

“Estou só olhando” = se não quer comprar, olhe da vitrine.
“É bom saber que tem”= se você não vai comprar porque tem que fuçar?
“Estou pesquisando”= lugar de pesquisa se chama google, poupe o seu tempo e compare preços rapidamente

O post não fez tanto sucesso assim no Facebook, mas acabou virando piada e motivo de discussão no Twitter — após a polêmica, o usuário apagou a mensagem das redes sociais. Muita gente se identificou com as reclamações do rapaz. Outros, acharam que a cultura da “olhadinha” está longe de ser um problema e já faz parte da rotina de quem lida com pessoas no trabalho. Confira a repercussão:

E você, é do tipo que dá aquela olhadinha antes de comprar alguma coisa? Ou não? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook.

Continua após a publicidade
Publicidade