Clique e assine por apenas 5,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Criança de 7 anos usa cartão da mãe para comprar brinquedo de 38 600 reais

"Nós não temos orçamento para isso, não é algo que nós podemos comprar", argumentou a mulher após a repercussão da história

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 3 abr 2019, 16h51 - Publicado em 3 abr 2019, 15h59

Aos 47 anos da idade, Donna Jacob se encontra numa situação inusitada: a mulher está implorando por um reembolso após seu filho autista de 7 anos de idade ter comprado um brinquedo raríssimo de 10 000 dólares (cerca de 38 600 reais) chamado Coles Stikeez. A item colecionável é uma das únicas cem peças do Billy Banana dourado à venda no eBay.

O menino comprou o brinquedo usando o computador da mãe – as informações do cartão de crédito da família foram preenchidas automaticamente. Ela só descobriu que a compra tinha sido confirmada após receber um e-mail do eBay. A pior parte? Donna já tinha instruído o menino, um ávido colecionador das estatuetas, a não comprar o brinquedo de 10 000 dólares. A mãe ficou ainda mais surpresa por uma compra tão cara ter sido aprovada com apenas três cliques. “Nós não temos orçamento para isso. Não é algo que nós podemos comprar”, argumentou a mulher. As informações são do Daily Mail.

Após receber a confirmação da compra, Donna enviou um e-mail ao vendedor do colecionável explicando a situação, mas não recebeu nenhuma resposta. O mesmo aconteceu com a empresa PayPal, por onde a compra do pedido foi confirmada. Eles disseram que é improvável que ela recupere a quantia. “Entre o PayPal e o banco, pelo menos alguém deveria ter dito ‘espere, isso não está certo’, mas ninguém fez nada”, desabafou a mulher.

Após a repercussão negativa da história, o eBay prometeu reembolsar a mulher pela compra de 10 000 dólares.

Dê sua opinião: E você, o que achou da história? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook!

Continua após a publicidade
Publicidade