Conheça o mundo dos GIFs em 3D (e aprenda a fazer o seu)

Para começo de conversa, gostaríamos de informar que vocês, leitores, podem fazer GIFs a partir de uma fonte muito interessante: a Biblioteca Publica de Nova York. Ela disponibilizou seu acervo de fotografias do século XIX para produzir imagens tridimensionais. A técnica, conhecida como Stereograph, pode ser testada no link do gifmuseum. Então, cliquem no link […]

Para começo de conversa, gostaríamos de informar que vocês, leitores, podem fazer GIFs a partir de uma fonte muito interessante: a Biblioteca Publica de Nova York. Ela disponibilizou seu acervo de fotografias do século XIX para produzir imagens tridimensionais. A técnica, conhecida como Stereograph, pode ser testada no link do gifmuseum. Então, cliquem no link e vão lá brincar.

Mas não são só desses GI’s em 3D que a internet vive. Não. Há uma vasta coleção das figurinhas animadas tridimensionalmente na rede, e separamos aqui duas que estão presentes na maior rede social/blog/lugar de fofuras, o Tumblr.

 Os primeiros são do ilustrados Dain Fagerholm. Bonitos e alternando quadros em rápida velocidade para dar a sensação de profundidade, ele cria figurinhas peculiares. Tem mais delas aqui. Para Fagerholm, fazer GIFs é, também, uma forma de arte. Dá para entender:

Ele tem também desenhos monocromáticos. Mas os coloridos são muito mais pop. Dá uma olhada nesse aqui:

Outro tipo de GIF tridimensional que rola na rede é um que pode ser criado em casa. É meio complicado de fazer, mas consiste em colocar uma linhas brancas na animação, o que dá a impressão de estar sendo atingido por alguma coisa. Olha só:

Se você gostou e quer tentar fazer sua própria cena de cinema, pode clicar neste link para aprender como. Não nos responsabilizamos pelos resultados, nem pelos danos provocados por dinossauros que acabem fugindo da tela.

(Tatiane Rosset)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s