Clique e assine por apenas 6,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Novidades da cultura pop e da internet

Marido fica emocionado ao notar coincidência em foto da mulher

Em julho de 2000, o rapaz, hoje com 35 anos e casado há 5 com a esposa, aproveitava as férias com a família em Qingdao, na China

Por Redação VEJA São Paulo - 8 Mar 2018, 17h57

Você acredita em destino? Se a resposta é “não”, talvez a história deste casal te faça mudar de ideia: em julho de 2000, Ye, hoje com 35 anos, e sua esposa Xue estavam em férias com as respectivas famílias em Qingdao, na China. Quase 20 anos após o clique original, o marido notou um “detalhe” curioso que o deixou pra lá de emocionado.

O clique feito pela família de Xue mostra a jovem usando um vestido branco, sentada na frente de um monumento vermelho icônico localizado na praça 4 de Maio, em Qingdao. É possível perceber que um rapazinho “invadiu” o registro da então adolescente Xue: no canto inferior direito, um menino posa na frente da estatua gigantesca. Confira:

Ye e Xue estão casados há cinco anos e são pais de gêmeas. Um dia, a família estava na casa da mãe da mulher quando começaram a ver cliques antigos: “Nós estávamos na casa da minha sogra. Eu estava procurando fotos antigas da minha mulher para conferir se as nossas filhas são mais parecidas comigo ou com ela. Eu vi a foto, olhei para o canto do registro e gritei ‘esse sou eu!’“, contou Ye ao The Daily Mirror.

Continua após a publicidade

Eu sabia que a minha mulher tinha estado em Qingdao em viagem com a família, mas nós não aprofundamos a história porque não nos conhecíamos na época“, revelou o rapaz, que ficou emocionado ao ver o clique. O casal se conheceu em 2011 após ser apresentador por amigos e se casaram em 2012. Eles ficaram “muito surpresos” e felizes e acreditam que o relacionamento estava “escrito nas estrelas”.

Esta, no entanto, não é a primeira vez que o casal tem uma prova do destino: Ye já teve uma sensação semelhante ao descobrir que Xue, na época sua namorada, vivia no mesmo condomínio residencial que sua família costumava morar. Agora, a família pretende guardar os cliques com carinho: “A minha mulher diz que eu não sei como ser romântico. Eu vou mostrar para ela!“, brincou o rapaz.

Dê sua opinião: E você, o que achou da história compartilhada pela família? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook.

Publicidade