Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Claudia Leitte se desculpa por resposta no Altas Horas: ‘Estou reflexiva’

Questionada sobre suas indignações, a cantora disse ter um "coração pacificador"; após críticas, ela se manifestou nas redes sociais

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 25 Maio 2021, 11h51 - Publicado em 25 Maio 2021, 11h49

Durante o programa Altas Horas, exibido no último sábado, Claudia Leitte foi perguntada sobre o que a deixava indignada atualmente. Sem responder objetivamente, a cantora irritou os fãs por não mencionar a situação do Brasil na pandemia, onde há constantemente episódios de aglomerações, escassez de vacinas, aumento da pobreza entre outras mazelas.

Em sua resposta, ela afirmou na ocasião que é pacificadora. “A minha indignação? Eu tenho um coração pacificador, Serginho. Eu me indigno, sou capaz de virar tudo pelo avesso, mas todo mundo tem um lugar onde pode brilhar uma luz para desfazer o que está acontecendo. E se essa luz se acende, obviamente, não vai ter escuridão”.

Por outro lado, outras convidadas, como a atriz Deborah Secco e a apresentadora Ana Maria Braga, deram respostas mais contundentes, criticando a postura de quem está aglomerando e a falta de vacinas. Nesta segunda-feira (24), Claudia se manifestou sobre suas declarações no programa, reconhecendo que deveria ter se posicionado mais firmemente.

A cantora Claudia Leitte posa para câmera
Claudia Leitte Yuri Sardenberg e Aninha Monteiro/Veja SP

“Nessa situação de pandemia doida, dentro desse contexto, o assunto, foi me dada essa oportunidade, e aos outros convidados, de falar sobre suas indignações. Mais do que um desabafo, eu deveria ter muita consciência do meu papel social, e não tive”, lamenta a cantora.

Sobre seu papel como artista, ela afirma que precisa se posicionar além dos shows. “Não sei porque cargas d’água dei uma resposta evasiva naquele momento e, desde que saí do programa, estou reflexiva. O artista tem um papel que precisa ficar muito claro. Faço entretenimento com um propósito, mas quando eu saio do palco, se eu ainda tenho um microfone ligado, eu continuo servindo essas pessoas”.

Continua após a publicidade

Claudia Leitte destacou no vídeo sua indignação não só com as aglomerações e falta de vacinas, como também com a falta do uso de máscaras. “Eu precisava falar das minhas indignações pra levantar questões, conversas, mudanças de comportamento. Precisava ter falado que me indigna o fato que pessoas não usam máscaras, continuam promovendo e incitando aglomerações. Isso mata, tá comprovado. O número alarmante de mortos é desesperador”.

Ela ainda citou outros problemas, como fome, violência doméstica e pediu desculpas. “Quero me redimir disso, quero dar esse passo sim, para que coisas diferentes aconteçam. Eu posso ser uma agente de mudança”.

Veja abaixo o vídeo completo do desabafo da cantora.

View this post on Instagram

A post shared by Claudia Leitte (@claudialeitte)

+Assine a Vejinha a partir de 8,90.

Continua após a publicidade

Publicidade