Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Policiais chamam atenção ao reunir 13 caminhões para evitar tragédia

A cena foi flagrada por câmeras de televisão e mostram os veículos atendendo ao chamado das autoridades

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 5 fev 2020, 14h12 - Publicado em 25 abr 2018, 17h45

Um momento inesperado está repercutindo na internet: a polícia de Michigan, nos Estados Unidos, alinhou treze caminhões para evitar o suicídio de um homem na noite desta terça (24). A cena foi flagrada por câmeras de televisão e mostram os veículos atendendo ao chamado das autoridades, bloqueando a Interestadual 696 para evitar uma tragédia.

A polícia de Michigan fechou a estrada nas duas direções à 1h da manhã de terça (24), após receber chamado sobre um homem parado em um viaduto, ameaçando saltar de lá. Após receber a denúncia, autoridades bloquearam a via, mas decidiram chamar os caminhões ao desenharam um plano para garantir que o homem não se machucasse.

Os oficiais orientaram os motoristas para formar uma fila embaixo do viaduto. Os veículos ficaram parados para diminuir o impacto da queda caso o homem resolvesse saltar. Segundo o The Daily Mail, foram necessários policiais e negociadores, além de horas de conversa, até convencer o homem a desistir do suicídio. Ele foi encaminhado ao hospital Beaumont para uma avaliação. Assista: 

A autoestrada foi reaberta para os motoristas por volta das 4h da manhã, três horas após os policiais receberem a dica sobre o suicida. A polícia de Michigan tuitou um clique dos “heróis” da história: os caminhões. “Esse foto mostra o trabalho da polícia local para salvar as pessoas. Mas essa foto também mostra um homem enfrentando a decisão de encerrar a própria vida. Por favor, lembre-se que ajuda está disponível“, diz a publicação, que já acumula mais de 13 000 curtidas no Twitter.

A polícia também está aproveitando a oportunidade para conscientizar as pessoas que estão considerando o suicídio, aconselhando que eles devem conversar com entes queridos ou ligar para o 190. “Existem tantas pessoas que podem ajudar a procurar ajuda e viver. É a nossa esperança que essa seja a última dessas fotos que vocês verão“. 

Dê sua opinião: E você, o que achou da história emocionante? Deixe seu comentário e aproveite para curtir a nossa fanpage no Facebook!

Continua após a publicidade
Publicidade