Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Cachorro resgatado salva a vida da dona após “farejar” câncer de pele

"Eu gostaria de dizer para que todos prestem atenção se o seu cachorro começar a agir de uma maneira parecida", alertou a mulher após o susto

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 5 fev 2020, 14h11 - Publicado em 1 Maio 2018, 19h21

Em 2016, Lauren Gauthier salvou a vida de um cachorro ao resgatá-lo de um abrigo para animais repleto de cães de caça abandonados pelos antigos donos. O que a mulher não esperava era que a cadela Victoria retribuísse o favor alguns meses após ser resgatada: a mascote usou seu nariz para indicar que a dona estava com câncer. “Sempre que nós sentávamos no sofá, ela começava a cheirar a pequena pinta no meu nariz. Ela então sentava e ficava me encarando“, contou a mulher de 42 anos.

Lauren, no entanto, continuou ignorando os avisos da mascote, achando que a pequena mancha era apenas um poro entupido. “Quando a mancha desapareceu, a Victoria continuou farejando. Eu pensava ‘por que você continua colocando o seu nariz molhado na minha cara?’. Era tão estranho, que eu finalmente decidi. ‘Ok, já que ela está sendo tão persistente, é melhor eu dar uma olhada’“, revelou a mulher.

A mulher ficou chocada com o resultado da biopsia: médicos descobriram que a pinta farejada por Victoria era um carcinoma, um tipo de câncer de pele que representa 32% de todos os tipos de câncer. Lauren acredita que tenha desenvolvido o tumor após usar camas bronzeadoras frequentemente quando era adolescente. Se tivesse permanecido mais tempo ser ser descoberto, o tumor poderia ter se espalhado pelo seu tecido nasal e outras porções de seu rosto, podendo levar à cirurgia, causando desfiguração e até a morte. “Eu estou tão grata pela Victoria — como você pode imaginar, ela recebeu muitos mimos e carinhos“, contou a mulher, que tem apenas uma pequena cicatriz após a remoção do câncer de pele.

Eu sempre soube que cachorros têm olfato incrível, mas eu jamais imaginei que essa habilidade teria um efeito tão grande na minha vida. Eu poderia não ter marcado uma consulta com o médico, poderia ter sido tarde demais, não fosse pela persistência do meu cachorro“, desabafou Lauren após o susto. “Victoria salvou a minha vida e o meu rosto“, contou. “Ela merece uma vida inteira de amor e carinho. Prestem atenção se o seu cachorro começar a agir de uma maneira parecida. O seu cão pode saber de algo que você não sabe, então não ignore o comportamento dele. Vá checar. Eu estou feliz que chequei!“.

As informações são do site HelloGiggles.

Dê sua opinião: E você, o que achou da história de Lauren? Deixe seu comentário e aproveite para curtir a nossa fanpage no Facebook!

Continua após a publicidade

Publicidade